João Campos homenageia Miguel Arraes e Eduardo Campos em sessão virtual da Câmara

Nesta quinta-feira, 13 de agosto, em homenagem à memória dos ex-governadores de Pernambuco, Miguel Arraes e Eduardo Campos, o deputado federal João Campos (PSB-PE) fez discurso na sessão plenária virtual da Câmara. João, que é bisneto de Arraes e filho de Eduardo, destacou as posições assumidas em suas trajetórias. "Quis o destino que eles fossem ao encontro de Deus no mesmo dia. Ambos tiveram uma vida forjada na luta popular e marcaram suas histórias como defensores da democracia”, ressaltou o parlamentar, neste dia em que os dois faleceram.

João ressaltou o caráter visionário de Arraes e Eduardo. “Foram homens que enxergaram para além do seu tempo e que lutaram incansavelmente para combater a desigualdade social, o principal flagelo da nossa sociedade”, afirmou, acrescentando que o momento desafiador exigiria a participação de figuras históricas com a dimensão e a coragem deles.

Os ex-governadores, que também foram deputados federais, eram conhecidos pela capacidade de diálogo. Doutor Arraes, como era chamado pelos camponeses, tornou-se um mito no estado e virou referência nacional pelo Acordo do Campo, onde colocou na mesa de discussão usineiros e canavieiros para negociarem a implantação de relações de trabalhistas mais justas. 

Eduardo criou pontes com todas as vertentes políticas de Pernambuco em nome de um desenvolvimento que foi além das questões econômicas para atender principalmente aos anseios dos menos favorecidos, melhorando consideravelmente indicadores sociais nas diversas áreas, com destaque especial para a educação, onde o estado saiu da 21ª para a 1ª posição no ranking do Ideb para o Ensino Médio.

João lamentou o fato de segmentos e alguns políticos do Brasil desconstruírem pontes a cada dia. “No lugar dessas pontes, estão se erguendo muros, segregando, agindo com preconceito e divisão”, pontua. Para o socialista, esse é o momento de intensificar a defesa da política como instrumento de diálogo e transformação social. “No dia de hoje, eu jamais celebraria o luto e a tristeza. Faço referência à memória viva e altiva de duas figuras políticas que mudaram a nossa sociedade. Os ensinamentos permanecem e seguimos aprendendo”, concluiu, lembrando que os seus legados pertencem ao povo pernambucano e brasileiro.

Homenagem

O líder do PSB na Câmara, deputado federal Alessandro Molon (RJ), também fez questão de fazer um pronunciamento enaltecendo os exemplos de Arraes e Eduardo. “Dois grandes nomes que fazem muita falta à política do país. Em tempos de polarização, certamente estariam incansavelmente construindo pontes para unir os brasileiros. Em tempos de ataques aos direitos do povo, certamente estariam na linha de frente para defender aqueles que mais precisam”, frisou.