João Campos monitora impacto das fortes chuvas do Recife

Rodolfo Loepert

O Recife registrou nas últimas 24h, 138 mm de chuvas, dos quais 118,7 apenas entre as 23h de ontem e as 11h da manhã de hoje. Ou seja, choveu o previsto para cerca de 12 dias, considerando a média histórica para o mês de maio, em apenas 12h. Devido a esse cenário, o prefeito do Recife João Campos esteve na Defesa Civil do Recife, junto ao secretário-executivo de Defesa Civil Coronel Cássio Sinomar, na manhã desta quinta-feira (13), para monitorar o impacto das águas na cidade. Desde a noite, foram recebidos 101 chamados da população, entre pedidos de vistorias e solicitações de lonas plásticas. Cerca de 1.000 profissionais da Prefeitura estão nas ruas trabalhando para minimizar os impactos.

“Estou aqui com o Coronel Cássio, Comandante da Defesa Civil, e toda a sua equipe, desde cedo atuando e trabalhando para cuidar da nossa cidade. A APAC emitiu ontem um alerta, e nas últimas 12 horas já choveu mais de 100 mm, é um volume muito grande de chuvas, num tempo bem curto, isso causa um impacto muito grande na cidade. O sistema da Defesa Civil tem mapeado todos os pontos de risco da nossa cidade. Além de monitorar os pontos de risco, também monitora os pontos de alagamento e as intervenções nesses pontos. Nos últimos anos, já foram feitas muitas obras na macrodrenagem e na microdrenagem, e muitas outras a gente ainda vai executar também”, comentou o prefeito na ocasião. “Estamos fazendo intervenções, acompanhando, monitorando. Tem o plano de contingência, todos os anos a Defesa Civil atualiza esse plano sobre os pontos de risco, com os contatos dos moradores. A Defesa Civil também envia alerta de chuvas, por SMS, a 34 mil famílias , cadastradas, que vivem em pontos de risco”, acrescentou ele. 

A Defesa Civil pode ser acionada pelo 0800.081.3400. A ligação é gratuita e o atendimento acontece 24h por dia. Neste ano, o investimento total da Prefeitura do Recife na Ação Inverno é de R$ 96,6 milhões, incluindo contenção de encostas, prevenção e monitoramento em áreas de risco, colocação de lonas plásticas e eliminação de pontos de alagamento, entre outras. O trabalho começou desde janeiro deste ano e envolve mais de 3 mil servidores de diversas secretarias e órgãos municipais.

A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) registrou, neste período, 14 ocorrências com árvores na cidade. Oito já foram concluídas e as demais estão com o serviço em andamento. A autarquia também está realizando a desobstrução de pontos de acúmulo de água com caminhões equipados com jato de sucção em diversas vias da cidade. As intervenções ocorrem na rua 10 de Julho com 20 de Janeiro, Boa Viagem; Rua Barão de Tefe com Desembargador José Neves , Boa Viagem; Avenida Recife (Ipsep); Avenida Dois Rios ( SESI ) Ibura; Avenida Boa Viagem (Boa Viagem/Pina); Avenida General San Martin com Gomes Taborda (Cordeiro); Rua João de Andrade (Jardim São Paulo); Rua Paes Cabral (Cordeiro); Rua Otávio Lobo (Jiquiá); Avenida Caxangá (Cordeiro); Rua Estrada do Encanamento (Casa Amarela); Avenida Beberibe (Água Fria); Rua São João (Campina do Barreto); Rua Expedicionário Jamil Dagle, ao lado da praça Maria José dos Santos (Água Fria); Rua Uriel de Holanda com José Amarindo dos Reis, Dois Unidos, entre outros

Trânsito

Equipes formadas por 150 agentes e 165 orientadores de trânsito da CTTU trabalham em áreas que foram afetadas pelas chuvas. Além disso, equipes técnicas trabalham com o intuito de realizar os ajustes necessários na rede semafórica da cidade. Entre 0h e 11h da quinta-feira (13), não foram registrados sinistros de trânsito com vítima. No período, a CTTU registrou ocorrências em 21 semáforos, dos quais 12 já foram resolvidos e 9 estão em atendimento. As equipes técnicas já estão em deslocamento para normalizar todo o sistema. A Central de Operações de Trânsito (COT) da CTTU, que funciona 24 horas por dia, também realiza o trabalho de monitoramento das vias, identificando os pontos mais críticos, através de 162 câmeras de videomonitoramento.

Veja também

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19
Vacinação

Governo afirma ao STF que 72% dos índios já receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19

Rachado entre aliados e opositores de Bolsonaro, PSL filia vereador e abre caminho para MBL
Partido

Rachado entre aliados e opositores de Bolsonaro, PSL filia vereador e abre caminho para MBL