Lessa defende destinação de R$ 11 milhões em emendas para a compra de insumos para vacinação

Deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) - Reprodução

Em entrevista à Rádio Folha FM, na manhã desta quinta-feira (14), o deputado estadual Aluísio Lessa repercutiu o Projeto de Lei de sua autoria que propõe o remanejamento de 10% das emendas parlamentares para a compra de seringas e agulhas para a vacinação contra a COVID-19.

Segundo ele, os demais parlamentares se demonstraram favoráveis a iniciativa, que é semelhante a que os deputados pernambucanos tomaram no início da pandemia, destinando cerca de R$ 70 milhões de cotas parlamentares, que normalmente seriam endereçadas a outras áreas, unicamente para a Saúde. 

“Foi recebido com muita simpatia. Acho que os deputados estão determinados a não só prorrogar o estado de calamidade pública, mas também de a própria Assembleia participar na chegada da vacina”, afirmou. 

Nas contas do parlamentar, o percentual proposto em seu projeto, traduzido em dinheiro, fica em cerca de R$ 11 milhões, que seria a ajuda dada pela Casa legislativa para o trabalho de imunização da população pernambucana.

 

Ouça a entrevista completa no podcast abaixo:

Folha de Pernambuco · 14.01.20 - Folha Política com Aluísio Lessa PSB

Veja também

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano
EUA

Janet Yellen é confirmada como primeira secretária do Tesouro americano

Biden prevê atrasos nas negociações de ajuda financeira para a pandemia
EUA

Biden prevê atrasos nas negociações de ajuda financeira para a pandemia