Lupércio promete marcação de consulta pela internet e sistema informatizado com histórico de pacientes

Divulgação

O prefeito de Olinda e candidato à reeleição, Professor Lupércio (SD), irá ampliar o investimento em tecnologia na saúde para otimizar e potencializar a qualidade de vida da população. Um serviço que será oferecido é o da marcação de consulta pela internet. Além de um sistema informatizado e integrado entre as unidades de saúde, com o armazenamento do histórico de atendimento dos pacientes. 

Outra proposta tratada no Plano de Governo para o segundo mandato é a criação de um sistema  eletrônico  para  informar  aos  pacientes sobre a chegada dos medicamentos à Farmácia Municipal.

A gestão de Lupércio transformou para melhor a saúde na cidade, após encontrar doze postos fechados pela gestão anterior.  A preocupação com o bem-estar, integridade e qualidade de vida da população norteou as ações do primeiro mandato. Para tanto, foram requalificadas 14 unidades de saúde e inaugurados sete novos espaços. 

Implantou-se o novo Centro de Atendimento Psicossocial Infantojuvenil, localizado no Bairro Novo. Foi criada uma nova Residência Terapêutica Masculina. O gestor ainda promoveu a aquisição de novas ambulâncias e foram significativamente ampliadas as consultas médicas e exames laboratoriais. Além de projetos como Academia do Bairro e Academia da Saúde por toda cidade.

Professor Lupércio explica que, após ter encontrado a cidade abandonada pela gestão anterior, está investindo resgatando a dignidade da população. “A saúde é tratada como prioridade desde a formação do nosso secretariado e vai continuar assim no segundo mandato. Sei que ainda temos muito para fazer, mas temos planejamento e com muito trabalho vamos seguir avançando", afirmou o gestor.

Veja também

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro
Emprego

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

Após atuar 90 minutos, William Alves explica readaptação pós Covid-19
Santa Cruz

Após atuar 90 minutos, William Alves explica readaptação pós Covid-19