Marco Aurélio responde Mendonça e diz que eleitor também precisa conhecer o passado do democrata

Diante do racha no campo da direita, o candidato a prefeito do Recife, Marco Aurélio (PRTB), voltou a bater no adversário Mendonça Filho (DEM). Após o democrata provocar a Delegada Patrícia (Podemos) e dizer que o eleitor recifense precisa saber do passado dos prefeituráveis, Marco Aurélio provocou que o primeiro que precisa mostrar suas ações passadas é, justamente, o ex-ministro da Educação. 

"Eu acho bom que ele diga que é preciso conhecer o passado dos candidatos, a começar pelo dele, que votou em (Geraldo) Alckmin (PSDB, para presidente da República em 2018), quis ser o vice de Alckmin, apoiou (o governador) Paulo Câmara (PSB), andou com (senador) Humberto Costa (PT)", afirmou Marco Aurélio.

Segundo o parlamentar, o passado do democrata é "altamente condenável". Apesar de não querer se envolver diretamente na briga entre o coordenador da campanha de Patrícia Domingos, Daniel Coelho (Cidadania), e Mendonça Filho, Marco Aurélio questiona o processo de retirada da candidatura de Daniel do páreo na disputa pela Prefeitura do Recife. "Da candidatura de Daniel surgiram três candidaturas da oposição. A quem interessa isso?", cutucou.

 

Veja também

Live cultural do Bloco Minhocão traz Bateria Patusco como convidada nesta terça (23)
Live Cultural

Live cultural do Bloco Minhocão traz Bateria Patusco como convidada nesta terça (23)

Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves
PIX

Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves