Marília Arraes e Severino Alves pedem investigação sobre a nomeação de Ana Paula Amorim à PGR

A deputada federal, Marília Arraes, e o presidente do PSOL Pernambuco, Severino Alves, ingressaram com uma representação na Procuradoria Geral da República pedindo para que seja investigada a nomeação de Ana Paula Amorim para a superintendência do Ministério da Saúde em Pernambuco. O pedido, feito especificamente para Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) foi protocolado na manhã desta terça-feira (4).

No documento, a solicitação de providências tem como base legal "os flagrantes vícios de finalidade e legalidade, da nomeação para o cargo de Superintendente para o Ministério da Saúde no Estado de Pernambuco, ameaçando as ações realizadas pelo respectivo órgão federal no combate à pandemia de COVID-19 e ao estado de calamidade por ela provocado, bem como, desrespeito ao ART. 37, caput, da Constituição Federal.".

Os solicitantes pedem na representação que, em se caracterizando, de fato, o desvio de finalidade apontado, é necessária a consequente investigação da possível prática de ato de improbidade administrativa por parte do Sr. Eduardo Pazuello, Ministro Interino da Saúde, e demais envolvidos no supracitado ato de nomeação à Superintendência do Ministério da Saúde em Pernambuco.