Marília Arraes: "Querem jogar o xadrez eleitoral com peças de apenas uma cor"

Arthur de Souza

Após a troca de farpas entre a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e do PSB, Carlos Siqueira, a deputada federal Marília Arraes (PT) reafirmou que a candidatura própria do partido no Recife é "uma novela que já teve seu último capítulo" e que a fala da dirigente petista é "terminativa". Segundo a parlamentar, o PSB adota a mesma estratégia de retirar seu nome do páreo para "ganhar a eleição antes da eleição". "Querem jogar o xadrez eleitoral com peças de apenas uma cor", criticou.

"Essa troca de farpas entre Gleisi e Carlinhos Siqueira é algo que venho dizendo desde 2014. O discurso do PSB não mudou. São articulações pragmáticas para se manter no poder e tirar a verdadeira candidatura de oposição que é a minha. Esse palanque de oposição tem muitos partidos que estavam com o PSB, enquanto eu estive na oposição", avaliou Marília Arraes.

Nesta quinta-feira (13), a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann respondeu de forma contundente à declaração do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, que chamou o PT de "vetor de divisão na esquerda", em declaração veiculada no jornal Estado de São Paulo. 

Procurado pela reportagem, o PSB local não quis se manifestar sobre as declarações.