Mendonça promete atenção a motoristas de aplicativo e proibição de radar escondido para aplicar multas

Assessoria de Comunicação Mendonça Filho

O candidato à Prefeitura do Recife pela coligação Recife Acima de Tudo, Mendonça Filho (DEM), visitou, na noite de ontem (21), a comunidade do Loteamento Sítio Cafeeiro, no bairro do Passarinho. Ouviu reclamações como as de um grupo de motoristas de aplicativos, que, através dessa atividade, levam sustento para suas famílias. Eles questionaram, sobretudo, a quantidade de multas que a atual gestão aplica nas ruas da cidade. Para esses, Mendonça Filho comentou: “Essa gestão atual só sabe multar. Vou acabar com a indústria da taxa e da multa do Recife”, afirmou. 

Uma das principais medidas nesse sentido, que estará em seu programa de governo, será a proibição de radares escondidos na Capital. Segundo o prefeiturável, o valor arrecadado pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) por meio de infrações aplicadas pelos agentes de fiscalização eletrônica, saltou de pouco mais de R$ 25 milhões, em 2016, para cerca de R$ 100 milhões, em 2019. 

Serviço público

Durante a visita do bairro de Passarinho, Mendonça Filho afirmou entender as aflições da comunidade e garantiu que, em sua gestão, fará a prefeitura chegar à periferia. “Quanto mais a gente anda pela cidade fica impressionado com o abandono. E, claro, na periferia é sempre pior”, disse ele, acusando a atual gestão de ter se afastado da população. “Eu vou tirar a prefeitura de seu palácio e fazer chegar aos bairros mais afastados do Recife. Esse descaso precisa acabar”, frisou. 

“Quando muitos de nós chegamos aqui, comentamos que não era possível que nossos filhos cresceriam e veriam o bairro do mesmo jeito, sem asfalto, sem serviços. Mas aconteceu. E já está indo para outra geração com os mesmos problemas. Tudo o que queremos é que alguém chegue até nós, que nos procure”, afirmou o vendedor José Antônio Teixeira, há 20 anos morando na área.