Ministro da Saúde visita Fundação Altino Ventura

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitará a Fundação Altino Ventura, amanhã (18/01), às 14h, para conhecer as novas instalações da sede própria da instituição. Na ocasião, receberá o Prêmio Visão Social, destinado a autoridades, personalidades e organizações que contribuíram com a FAV em seus 35 anos de atuação na saúde pública.

Inaugurada no último mês de novembro, na Iputinga, a sede própria da instituição faz parte de um Complexo Hospitalar com 20.000 m² de área construída, sendo o maior centro oftalmológico de serviços públicos da América Latina. 

A sede própria conta com 15.000 m² e necessita de equipamentos para operacionalizar e ofertar 100% da sua capacidade instalada - por mês, a FAV poderá atender até 70 mil pacientes e realizar 4 mil cirurgias. O investimento do parque tecnológico (conjunto de equipamentos a serem utilizados) está estimado em R$ 18 milhões.

Este serviço conta com bloco cirúrgico com 16 salas de cirurgia; centro diagnóstico e setor de polos de catarata, glaucoma e retina com 67 consultórios e salas de exames. Além do Centro de Estudos e Pesquisas Científicas, de biblioteca, centro administrativo e do Memorial Histórico da FAV. 

Sobre a FAV 

Em 35 anos de história, a Fundação Altino Ventura já realizou 17 milhões de procedimentos médicos e terapêuticos e atendeu 1,6 milhão de pacientes. Somente sua Emergência Oftalmológica atende 12 mil pacientes por mês, enquanto o Centro Especializado em Reabilitação - CER IV reabilita por ano 7 mil pacientes com múltiplas deficiências. 

A instituição também atua formando médicos de todo o Brasil, América Latina e Continente Africano. Ao todo, 650 médicos já foram capacitados pela Fundação. A produção científica é outra área em ascensão: entre 2016 e 2021, foram 75 artigos científicos publicados pela FAV nas principais revistas nacionais e internacionais do mundo.

Veja também

Filme brasileiro ''Me Tira da Mira'' chega a streaming em 20 de maio
Lançamento

Filme brasileiro ''Me Tira da Mira'' chega a streaming em 20 de maio

Mortes por Covid-19 caem 21% no mundo, informa a OMS
Pandemia

Mortes por Covid-19 caem 21% no mundo, informa a OMS