Missa em homenagem a Eduardo Campos e Miguel Arraes reúne lideranças políticas e familiares

Foto: Heudes Regis/SEI

Lideranças pernambucanas e familiares estiveram presentes na missa em memória aos ex-governadores de Pernambuco Miguel Arraes e Eduardo Campos, nesta quinta-feira (13). Avô e neto faleceram no dia 13 de agosto. Arraes em 2005 e Eduardo em 2014. A solenidade, presidida pelo Padre Fábio Paz, foi realizada na Paróquia de Casa Forte, no bairro de mesmo nome. Estiveram presentes o governador Paulo Câmara, ao lado da primeira dama, Ana Luiza Câmara; o deputado federal João Campos e o prefeito do Recife, Geraldo Julio, acompanhado da primeira dama da capital, Cristina Mello.

Em suas redes sociais, o governador Paulo Câmara falou da importância dos líderes políticos. "Participei, nesta quinta-feira, da missa em homenagem a Doutor Arraes e Eduardo Campos, na Igreja de Casa Forte, no Recife. São 15 anos sem Arraes e seis sem Eduardo, dois grandes líderes que transformaram Pernambuco. Ambos tinham uma característica em comum: a luta pela igualdade social. Andar por Pernambuco é ver o legado de Arraes e de Eduardo. Foram muitas as iniciativas voltadas para o desenvolvimento do nosso Estado. Ações dirigidas principalmente aos mais necessitados. Continuar trabalhando por um futuro cada vez melhor para os pernambucanos é a maior homenagem que podemos prestar à memória deles", afirmou.

João Campos também lembrou o simbolismo da data, em seu instagram. "O dia 13 de agosto é um dia diferente, que me emociona muito. Arraes e Eduardo morreram neste dia - um em 2005 e o outro em 2014. Não é um momento de lamentar as duas mortes, mas de lembrar tudo o que eles nos ensinaram, todo um legado de respeito e dedicação às pessoas. Gratidão e saudade do tempo que vivemos e do futuro que deixamos de viver!", afirmou.