No lançamento de livro no Recife, Sergio Moro defende combate à corrupção

Moro defendeu seu legado à frente do Ministério da Justiça

Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Leia Também

• Na corrida para 2022, Moro fala sobre a recuperação da economia e reconstrução do país

• Protesto no lançamento do livro de Sergio Moro no Recife

• Sergio Moro se reúne com Eduardo Leite

O ex-ministro Sergio Moro (Podemos) lança seu livro "Contra o Sistema da Corrupção", neste domingo (5), no Recife. Para divulgar a obra, ele faz uma palestra em um auditório na Zona Sul do Recife. Na ocasião, ele voltou a defender o combate ao desvio de recursos públicos e a probidade administrativa. Lideranças políticas prestigiaram o evento como o ex-ministro Mendonça Filho (DEM) e a ex-candidata à Prefeitura do Recife na eleição de 2020 Patrícia Domingos (Podemos).

Recentemente, o ex-juiz da Lava Jato se filiou ao Podemos, legenda que deverá dar a base para o projeto presidencial do ex-ministro. Durante o lançamento do livro, Moro defendeu seu legado à frente do Ministério da Justiça ainda no Governo Bolsonaro. O ex-juiz deixou a gestão federal por supostas tentativas de interferência na Polícia Federal.

@@[email protected]@

"Quando fui ministro, trabalhamos para combater o crime organizado. Não teve nenhum ministro da Justiça que combateu mais que a nossa gestão. Eu tinha uma grande equipe e soube trazer gente boa como o general Teófilo que está aqui", defendeu. 

Ao lembrar da sua passagem pela Esplanada dos Ministérios, Sergio Moro disse que defendeu a prisão em segunda instância e insinuou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), apesar de ter sido eleito com o discurso de combate à corrupção, não tinha interesse em defender esta pauta no governo. "Dentro da minha cabeça a minha missão era o combate à corrupção", afirmou.

Veja também

Publicidade Legal - 19 de Janeiro de 2022 - Editais e balanços

Publicidade Legal - 19 de Janeiro de 2022 - Editais e balanços

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no PeruDanos ambientais

Derramamento de óleo atribuído à erupção no Pacífico atinge áreas de proteção no Peru