Parentes de vereador receberam benefícios sociais

Dados do portal da transparência da Controladoria Geral da União e do Governo do Estado revelam que os dois filhos e a esposa do vereador de Sirinhaém, Ronaldo José de Santana, conhecido por Ronaldo da Colônia, obtiveram benefícios do Governo do Estado e Federal que passam de R$ 10 mil reais entre 2016 a 2020.

De acordo com dados do Programa Chapéu de Palha do Estado, Deise Ferreira dos Santos, Gutemberg Augusto Santos de Santana e Gustavo Stallone Santos de Santana receberam parcelas de R$ 256,52. O benefício é dado em quatro meses por ano. No acumulado, juntos, embolsaram mais de R$ 3 mil. Já no seguro defeso, do Governo Federal, só o Gutembberg usufruiu do benefício de 2016 a 2017. Em 2016, foram quatro parcelas de R$ 880,00. Em 2017, foram cinco parcelas de R$ 937,00, contabilizando, no total, R$ 8.205,00.

O Chapéu de Palha foi criado para combater os efeitos do desemprego decorrentes da entressafra da cana-de-açúcar e da fruticultura irrigada e das condições adversas para a pesca artesanal. Ele prevê pagamento em três modalidades: família cadastrada, jovens entre 18 e 24 anos e família que recebe auxílio-pesca artesanal. Todos beneficiários devem ser oriundos da cana-de-açúcar e ou da fruticultura irrigada.

Já o Seguro Defeso  é um benefício ao Pescador Artesanal durante o período em que fica impedido de pescar em razão da necessidade de preservação das espécies. O que chama atenção é que apesar de receberam os benefícios, os filhos e a esposa desempenham atividades diferentes do previsto para receberem os créditos.

Segundo denúncias recebidas pela Folha, Gutemberg seria motorista de transporte alternativo e pré-candidato a vereador da cidade pelo PP. Enquanto isso, Gustavo seria caseiro e Deise doméstica. E também que o ex-vereador já foi ex-presidente da Colônia dos pescadores Z-6.