Políticos pernambucanos repercutem teste positivo de Bolsonaro para Covid-19

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciar, nesta terça-feira, 7, que testou positivo a Covid-19, políticos pernambucanos repercutiram a notícia. A revelação foi feita pelo próprio presidente afirmando que sentiu alguns sintomas da doença ontem, e que fez o exame em Brasília. O resultado foi divulgado no fim da manhã desta terça.

Líder do Governo no Senado, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) também repercutiu a revelação do presidente e desejou pronta recuperação a Bolsonaro. "Meus votos são para que se restabeleça em breve e possa continuar o grande trabalho que vem realizando no enfrentamento da pandemia e na retomada do crescimento", acrescentou o senador pernambucano. Já o deputado federal Augusto Coutinho (Soledariedade-PE) "estimou melhoras ao presidente Bolsonaro e plena recuperação". O deputado federal Fernando Filho (DEM) também desejou recuperação ao chefe do Executivo. "Presto minha solidariedade e desejo que tenha uma boa recuperação", disse.

A presidente nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, ressaltou que a doença não é uma gripezinha como o presidente havia declarado há alguns meses. "Bolsonaro tem menosprezado a pandemia do novo coronavírus e promovido uma verdadeira campanha contra as orientações das autoridades sanitárias mundiais e brasileiras. Desrespeitou o isolamento social, não usou adequadamente a máscara", escreveu a Luciana.

O senador Humberto Costa (PT-PE) criticou o fato do Chefe do Executivo usar da doença para evidenciar o uso de cloroquina. "Até na doença o presidente aproveita para fazer política, é triste. Bolsonaro não aprende", disse. "A OMS reafirmou que a substância é completamente ineficaz no tratamento a Covid-19", escreveu fazendo referência a cloroquina.