Pré-candidatos à Prefeitura do Recife marcam presença na festa da Padroeira da cidade

Em ano de eleição, políticos e prefeituráveis terão que experimentar, hoje, uma nova dinâmica de contato com a população e com o eleitorado. Por causa da pandemia do coronavírus, pré-candidatos estarão presentes na tradicional festa da Padroeira do Recife, na Basílica do Carmo, sem abraçar, apertar as mãos e evitando aglomerações para cumprimentar os fiéis.

A ocasião será um ensaio de como acontecerá a campanha de 2020 dentro das recomendações das autoridades sanitárias para evitar o proliferação da Covid. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), manterá a tradição e comparecerá na manhã de hoje, na Celebração Eucarística que reverencia Nossa Senhora do Carmo.

Como todos os anos, o prefeito Geraldo Julio (PSB) também confirmou presença e, por causa da pandemia da Covid-19, irá acompanhado apenas pela primeira-dama, Cristina Mello, para evitar aglomeração. O prefeito participará da Missa Solene de encerramento que será realizada às 9h, pelo arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. 

A pré-candidata e deputada federal, Marília Arraes (PT), participará da celebração das 12h. A parlamentar lembrou que este ano será a primeira vez que a imagem de Nossa Senhora do Carmo não irá para as ruas do Recife no dia de seu aniversário e ressaltou a importância de cumprir as recomendações de segurança. “Vai ser um momento diferente para quem é devoto da padroeira da nossa cidade. É importante que haja a celebração, mas respeitando os protocolos de segurança. Que esse momento de fé e espiritualidade traga mais esperança aos recifenses”, afirmou.

Já o pré-candidato e deputado federal, Daniel Coelho (Cidadania), confirmou presença às 9h. Ainda no clã dos oposicionistas, a pre-candidata Delegada Patricia Domingos também participará da missa das 13h. O pré-candidato pelo NOVO, Charbel Maroun, afirmou que tem acompanhado as missas onlines e que vai participar da missa das 12h.

No início da semana, o pré-candidato à Prefeitura do Recife pelo PSB, deputado federal João Campos, foi a Brasílica do Carmo e não estará presente, hoje, na festa de encerramento. O parlamentar cumpriu as exigências de segurança necessária e lamentou, em suas redes sociais, o fato de ser a primeira vez, em 324 anos de festa, que não haverá a tradicional procissão de Nossa Senhora do Carmo nas ruas do Recife.

E o presidente estadual do DEM e pré-candidato à Prefeitura do Recife, Mendonça Filho, não estará nos festejos. O democrata ainda está se recuperando da Covid-19, diagnosticado no último dia 8.