Prefácio de Sergio Moro em obra provoca polêmica

Ex-ministro Sergio Moro

O autor norte-americano do livro “Morte a vossa Excelência”, Alexander Stille (veja aqui), se envolveu em uma polêmica após responder seguidores sobre o prefácio do seu livro, escrito pelo ex-juiz Sergio Moro. O professor da Columbia Journalism School foi questionado por um seguidor sobre o fato do ex-magistrado ter participado da publicação. Em resposta, ele disse que não fazia ideia que Moro participou do Governo Bolsonaro, o que abriu margem para esceculações de que o escritor não teria gostado do prefácio. 

Sergio Moro foi ministro da Justiça e Segurança Pública do governo. Contudo, no dia seguinte, Alexander Stille retificou a publicação e disse que não estava na posição de avaliar a situação política brasileira.

"Como especialista na política italiana, não estou na posição de avaliar a situação política do Brasil. Eu sabia que o juiz Moro é um grande admirado dos promotores sicilianos e escrevi sobre isso e aprecio o fato dele chamar a atenção para o heroico sacrifício deles", disse. 

A Citadel Editora, responsável pela publicação, agradeceu publicamente a Sergio Moro "por ter aceitado o convite de escrever o prefácio da obra e também aos leitores que têm prestigiado e se interessado pela história". 

Obra
O livro “Morte a vossa Excelência” é uma biografia sobre a vida de Giovanni Falcone – magistrado italiano que desmontou a maior máfia italiana da história e motivou o ex-juiz Sergio Moro a implementar a operação Lava Jato no Brasil.

"Admito que, nos muitos momentos difíceis da minha atuação como juiz – e foram eles muitos, não só na Lava Jato - sempre me inspirei na figura de magistrados como Giovanni Falcone. Meus momentos mais difíceis não faziam par às dificuldades vividas por ele e por seus colegas no combate à impunidade da Máfia. De certa forma, a experiência pessoal dele servia como um alento no sentido de que, apesar das minhas dificuldades serem grandes, eram elas superáveis, já que outros haviam, antes, passado por provações ainda mais significativas e em situações de risco mais elevadas. Não poderia reclamar ou desistir de minhas tarefas quando Falcone não havia desistido diante de obstáculos muito maiores", afirmou Sergio Moro, no prefácio.

Veja também

Com surto de Covid-19, Athletico-PR desafia River Plate na Libertadores
Futebol

Com surto de Covid-19, Athletico-PR desafia River Plate na Libertadores

Nos últimos dez jogos, Náutico só não pontuou menos do que o lanterna Oeste
Série B

Nos últimos dez jogos, Náutico só não pontuou menos do que o lanterna Oeste