PSB “discute a relação” com seus aliados

Um dia depois da reunião do PP com o governador Paulo Câmara (PSB) sobre espaços do partido na gestão socialista, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) amenizou o tom ao falar sobre os recentes imbróglios envolvendo seu partido e o PSB, afirmando ser "natural que haja na política algumas DRs, discutir a relação". Em declarações recentes à imprensa, o progressista externou insatisfação com os espaços oferecidos ao PP na gestão do prefeito João Campos (PSB). 

"É natural que haja na política algumas DRs, discutir a relação… Isso é importante para engrandecer o debate também no Estado de Pernambuco e que a gente possa contribuir com o desenvolvimento de Pernambuco", disse o parlamentar. O deputado foi recebido pelo governador Paulo Câmara (PSB) para negociar os espaços do partido nas gestões e aparar as arestas entre as siglas. 

Com a saída do PT do comando da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, atualmente chefiada por Dilson Peixoto, o PP deve ficar com o comando da pasta. O nome mais cotado é o do deputado estadual Claudiano Martins (PP). A expectativa é que o governador Paulo Câmara anuncie uma minirreforma administrativa nos próximos dias. 

O presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PP), avaliou que o contexto pós-eleitoral favorece as discussões sobre espaços nas gestões. "Sempre que termina uma eleição, todos os executivos fazem uma avaliação. E, naturalmente, às vezes se faz necessário alguns ajustes com a mudança, acomodação de partidos aliados, além do fato de termos na eleição municipal, um aliado também que é o prefeito João Campos", disse.

Enquanto a situação com o PP está resolvida, o mesmo não pode ser dito do Avante. O presidente estadual da sigla, Sebastião de Olivera, aguarda uma conversa com o governador sobre os espaços da sigla na gestão. 

"Houve promessa do governador, e houve de secretário dele. De que quando rodasse a chave, esses espaços seriam refeitos e compensados. A gente sabe que ele já conversou com o PP, já conversou com outros partidos e não conversou com a gente. Mas estamos muito tranquilos. Isso, pra mim, é página virada. O PSB faça como ele quiser, mas também conter a sangria de deputados estaduais, de prefeito e de vereador, eu não contenho mais”, disse.

Veja também

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil
VACINAÇÃO

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo
VACINAÇÃO

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo