PSL é cobiçado pelo PSB e DEM na eleição para prefeito do Recife

O PSL de Pernambuco deverá se reunir na próxima semana para tratar do posicionamento da sigla nas eleições de Pernambuco, em especial, no Recife. Com o segundo maior tempo de televisão para o guia eleitoral, a agremiação se tornou uma das mais cobiçadas do xadrez eleitoral do Estado. Recentemente, o presidente nacional da legenda, o deputado federal Luciano Bivar, foi procurado pelos pré-candidatos João Campos (PSB) e Mendonça Filho (DEM), mas a agremiação ainda não bateu o martelo. 

"O PSL ainda não tem candidato. A executiva municipal e estadual ainda não se reuniu. Devemos nos reunir na próxima semana e debater esse assunto", adiantou Bivar. O dirigente elogiou João Campos e Mendonça, mas pondera que não há ainda candidaturas oficializadas na disputa.

"Conversei recentemente com João e Mendoncinha. Ambos são bons candidatos, mas o PSL ainda não se reuniu para fechar uma posição", afirmou. Apesar da sigla ainda não ter batido o martelo, Bivar admite que o PSL tem uma identificação com o DEM. "O PSL tem uma identidade com um País menos estatizante. O DEM tem mais identidade com o PSL, não tem nem dúvida. Mas nenhum deles é um candidato oficial ainda. Nem João, nem Mendonça. Vamos aguardar", afirmou.

Conversa
Na sua passagem pelo Recife, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez questão de ir à mesa com o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE). Segundo vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara, Bivar fechou o apoio à indicação do deputado federal Expedito Netto (PSD-RO) para a terceira-secretaria da Casa, em substituição ao deputado Fábio Faria (PSD-RN), que assumiu o comando do Ministério das Comunicações. A eleição será realizada na próxima segunda-feira. 

O deputado também tratou da pauta da Casa e a votação do adiamento das eleições. "Parabenizei ele por conseguir aprovar a emenda (do novo calendário eleitoral) em tão pouco tempo", afirmou.