Recife: enfrentamento ao feminicídio será tema principal da Comissão dos Direitos da Mulher em 2022

Ideia do tema partiu da presidente da Comissão, a vereadora Cida Pedrosa (PCdoB)

Comissão da Mulher fez primeira reunião do ano - Divulgação

Na primeira reunião de trabalho do período legislativo de 2022, as parlamentares da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara de Vereadores do Recife definiram que o enfrentamento ao feminício será o tema principal das ações do grupo para este ano.

O encontro, realizado de forma híbrida, ocorreu a partir da Casa de José Mariano. A ideia do tema partiu da presidente da Comissão, a vereadora Cida Pedrosa (PCdoB).

Cida demonstrou consternação com o assassinato de duas jovens em Glória do Goitá, na Zona da Mata de Pernambuco. "É muito angustiante iniciar o ano de 2022 presenciando os horrores que têm acontecido contra nós, mulheres, no Brasil e no Estado de Pernambuco. Isso faz a gente pensar onde está a dignididade humana?!", lamentou a vereadora.

Para a parlamentar, não é possível ter democracia e paz de espírito enquanto uma mulher for morta pelo simples fato de ser mulher.

"Quando a gente se deita de costas para o outro e se deixa abraçar, é um ato de absoluta confiança. Se aproximar de alguém para receber um abraço e ser morta pelo fato de estar grávida, é estarrecedor. Têm sido estarrecedoras todas as ações machistas que têm acontecido contra nós, mulheres. Algo tem que ser feito", completou Cida.

Na ocasião, também foram distribuídos às relatoras sete projetos de lei que tramitam na Câmara do Recife para a emissão de pareceres.

Veja também

IC PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S.A - ATA AGE 22 FEV

IC PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S.A - ATA AGE 22 FEV

IMC PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S.A - ATA AGE 21 FEV

IMC PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S.A - ATA AGE 21 FEV