Seis municípios pernambucanos têm candidaturas para prefeito sub judice

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) - Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O resultado das eleições em Pernambuco aponta seis municípios com candidaturas a prefeitura em sub judice. Capoeiras, Itamaracá, Palmares, Palmeirina, Pesqueira e Tuparetama aguardam o resultado final do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com relação aos votos computados nesse domingo (15) para apontar o resultado final.

A candidatura ganha o status de sub judice quando é alvo de disputa jurídica, sendo resolvida depois de recursos avaliados pelo TSE.

Segundo o diretor do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Orson Lemos, neste ano, o TSE passou a divulgar o número de voto dos candidatos, mesmo eles em situação sub judice, por questões de transparência. “Isso já ocorria antes, mas não estava visível para o eleitor. Agora, de uma maneira mais clara, todos acessam o resultado”, pontuou.

Confira
Veja a lista de todos os prefeitos eleitos em Pernambuco

Ainda segundo Orson, essa classificação se dá por vários motivos em relação a problemas com a Justiça Eleitoral. Mas não é uma situação definitiva. Ou seja, aguarda julgamento e divulgação do resultado.

“Seja a eleição resolvida em primeiro turno ou para o segundo, o TSE analisa a situação caso a caso. Agora é aguardar”, completa o diretor do TRE-PE. 

Segundo a Lei das Eleições, a validade dos votos dados a candidatos nessa condição fica condicionada ao eventual deferimento do registro.

Em Itamaracá, a situação é indefinida para Paulo Batista (Republicanos).

Já Palmares aguarda resultado para Júnior de Beto (PP). O mesmo acontece em Palmeirina, com o candidato Eudson Catão (MDB); em Pesqueira, com o Cacique de Ramos (Republicanos); em Tuparetama, com o candidato Sávio (PTB); e, em Capoeiras, com o candidato Dudu (PL).



 

Veja também

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis Política

Presidente do Senado quer votar projeto sobre preço de combustíveis

Após pressão de usuários, Twitter anuncia novo recurso para combater fake news no Brasil
FAKE NEWS

Após pressão de usuários, Twitter anuncia novo recurso para combater fake news no Brasil