Vereadora rebate críticas e sai em defesa do plano de vacinação de João Campos

Reprodução/Facebook

A vereadora Andreza Romero (PP) é mais uma dos aliados do prefeito João Campos (PSB) a se manifestar contra as críticas feitas pela deputada Marília Arraes (PT) ao plano de vacinação contra a Covid-19 no Recife. Andreza rebateu as afirmações de que o planejamento do governo municipal não estaria adotando critérios rígidos de controle da vacinação, contribuindo, assim, para os supostos casos de pessoas furando a fila do grupo prioritário da 1ª fase de imunização.   

Desde o início da vacinação contra a Covid-19, aproximadamente 10 mil recifenses do grupo de profissionais de saúde, idosos e pessoas com deficiência severas internados em casas de permanência já foram imunizados. Com o lote da Coronavac enviado pelo Ministério da Saúde para todo o estado de Pernambuco, é previsto que a imunização alcance cerca de 33,1 mil pessoas deste primeiro grupo. “A vacinação segue regras estabelecidas pelo Governo do Estado, juntamente com o Ministério da Saúde. O que precisamos, agora, é de um esforço conjunto para cobrar do Governo Federal o envio de mais doses das vacinas disponíveis”, ressalta Andreza.  

A vereadora elogiou a criação da ferramenta “Respeite a Fila”, para o registro de denúncias de pessoas que, num primeiro momento, não são o alvo da campanha e tenham recebido o imunizante. “As pessoas que têm furado fila só demonstram o quanto algumas pessoas conseguem ser insensíveis, desonestas e sem caráter. Com a plataforma, o governo municipal e o Ministério Público punirão todos aqueles que se acharem mais espertos ou privilegiados que os demais recifenses. Todos serão vacinados, ao seu tempo. Se a pandemia não ensinou empatia e solidariedade, medidas cabíveis ensinarão”, disse.  

João Campos também recebeu críticas da vereadora Liana Cirne (PT), que, por meio de nota, acusou o executivo municipal de jogar cortinas de fumaça para evitar o debate, além de cobrar mais transparência no andamento da vacinação. Andreza não criticou a colega de Casa, mas rebateu a defesa à Marília Arraes, que, segundo ela, não faz as mesmas cobranças ao Governo Federal.

“Todos estamos atentos, preocupados e ansiosos em viabilizar a vacina para todos os recifenses e pernambucanos. Hoje, há profissionais de saúde sendo vacinados. Não apenas médicos, mas enfermeiros, fisioterapeutas, socorristas e outros profissionais na linha de frente. O número de imunizantes enviados é muito limitado, insuficiente. É papel do legislativo municipal fazer cobranças e críticas ao gestor. Em Brasília, é o deputado federal quem precisa fazer essas cobranças ao presidente. Com o esforço de todos em suas devidas esferas, em breve, a Prefeitura do Recife ampliará ainda mais a estrutura de combate à Covid-19”, Andreza finalizou.

Veja também

Lumena recebe 61,31% dos votos e tem jornada interrompida no BBB 21
BBB 21

Lumena recebe 61,31% dos votos e tem jornada interrompida no BBB 21

Familiares autorizam holograma e voz artificial de Dinho dos Mamonas Assassinas
MAMONAS ASSASSINAS

Familiares autorizam holograma e voz artificial de Dinho