A-A+

Aberto processo seletivo de trainees exclusivo para negros

Oportunidades são para atuar na Yduqs, uma das maiores organizações do setor de Educação do Brasil

Inscrições no programa vão até o dia 30 de setembro - Freepik

Com o objetivo de ampliar a diversidade racial em seu quadro de colaboradores, a Yduqs, uma das maiores organizações do setor de Educação do Brasil, abre inscrições para o Programa Trainee 2022, exclusivamente para candidatos autodeclarados pretos e pardos. 

Serão ofertadas vagas para diversas áreas de formação, destinadas a concluintes ou recém-formados - entre dezembro de 2017 e dezembro de 2021 - de qualquer região do Brasil, desde que tenham mobilidade e disponibilidade para viagens ao longo do programa. Até o dia 30 de setembro, os interessados poderão fazer seus cadastros na plataforma da Empodera, consultoria especializada em desenvolvimento de programas de diversidade e inclusão, pelo link: jovens.comunidadeempodera.com.br/edital/336.      

O programa de Trainee 2022 da Yduqs busca desenvolver jovens talentos, que passarão por treinamento, integração, desenvolverão atividades nas Unidades, e terão a oportunidade de tocar um projeto de alta relevância e impacto para a organização. 

Os profissionais selecionados irão trabalhar em uma das áreas da própria companhia, em projetos ligados ao ensino das operações presenciais, transformação digital e em áreas do corporativo. Pedro Henrique de Souza, participante da última seleção do Programa de Trainee, em 2021, destaca a importância da educação e da oportunidade que está tendo na Cia.   

Após a contratação, os trainees poderão ser posicionados em cargos estratégicos na organização e, além disso, também podem ganhar bolsas de estudo para MBA, além de um salário compatível com o mercado, plano de saúde e odontológico, entre outros benefícios. 
  

Veja também

A legitimidade constituída
EDMAR LYRA

A legitimidade constituída

Miguel Coelho bota pé na estrada em agenda independente de Bolsonaro
FOLHA POLÍTICA

Miguel Coelho bota pé na estrada em agenda independente de Bolsonaro