Cebraspe é escolhida para organizar concurso de cartórios em Pernambuco

O edital de abertura das inscrições será divulgado ainda este mês.

Cartório - Fabio Rodrigues Pozzebom/Arquivo Agência Brasil

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) definiu o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe - CESPE/UnB) como a banca organizadora de seu próximo concurso público para outorga das delegações de notas e de registro do foro extrajudicial. O contrato (Contrato nº 057/2024) foi firmado em 1º de julho de 2024 e teve seu extrato publicado na página 58 do Diário de Justiça Eletrônico (DJe) de sexta-feira, 5 de julho.

Segundo o presidente da Comissão Examinadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registros do Estado de Pernambuco, desembargador Alexandre Guedes Alcoforado Assunção, o edital de abertura das inscrições será divulgado ainda este mês.

O contrato prevê que o Cebraspe realizará todas as etapas do concurso, conforme diretrizes estabelecidas pela Comissão Examinadora do Concurso, instituída pelo Ato Nº 439/2024 publicado no DJe de 7 de março de 2024. A vigência do contrato é de 15 meses, com um valor total estimado de R$ 1.751.825,69, considerando até 1.000 candidatos com inscrições efetivamente pagas.

O concurso visa tanto o provimento das delegações de notas e de registro quanto a remoção dos titulares dos cartórios. Os requisitos para os candidatos variam entre bacharel em Direito ou 10 anos de serviços notariais ou de registros para provimento, e titularidade de serventia extrajudicial em qualquer localidade de Pernambuco por mais de dois anos para remoção. Detalhes adicionais serão especificados no edital de abertura.

Além disso, o TJPE estabeleceu a Comissão Examinadora do Concurso, presidida pelo desembargador Alexandre Guedes Alcoforado Assunção e composta por membros representantes do tribunal, dos cartórios, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Pernambuco (OAB-PE).

Veja também

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump
comício na Pensilvânia

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump

Alcaraz vence Djokovic e é bicampeão de Wimbledon
tênis

Alcaraz vence Djokovic e é bicampeão de Wimbledon; troféu foi entregue pela princesa Kate

Newsletter