A bronca de Miguel Coelho

Prestes a completar cinco meses do primeiro registro de Coronavírus em Petrolina, Sertão do São Francisco, o prefeito Miguel Coelho (MDB) passou a cobrar do governo do Estado a liberação da reabertura de bares, restaurantes e academias. Miguel diz que já levou o pedido ao governador Paulo Câmara (PSB). 

A reivindicação aconteceu por meio de um vídeo postado nas redes sociais do prefeito, em que ele destaca a queda contínua nos casos da doença na cidade. Segundo sua assessoria, Petrolina segue como “a cidade do Nordeste de médio ou grande porte com menos mortes por Covid-19”. E, por conta deste cenário, Miguel considerou “injusto” que dentre outras cidades do Agreste, Zona da Mata e Região Metropolitana, já com autorização para o funcionamento destes segmentos, Petrolina ainda permaneça sem um posicionamento do Estado.

Sobre os comentários de que tudo não passa de briga política, Miguel afirmou que defende uma união entre entes federais, estaduais e municipais no enfrentamento da Covid-19. “Não queremos politizar nem polemizar com o assunto, mas Petrolina tem os melhores números no combate à pandemia em Pernambuco. Se for para mortalidade, é a menor do estado, se for para ocupação de leitos, pela primeira vez, estamos abaixo de 50% e estamos registrando queda no número de novos casos. Queremos o mesmo tratamento e sabemos que Petrolina fez um grande trabalho, e se for baseado nos dados, estamos melhor que as demais cidades”, declarou.

Vale lembrar que Petrolina foi uma das primeiras cidades a retomar os serviços não essenciais no Estado e também uma das primeiras a decidir recuar no Plano de Convivência, aplicando novas medidas de prevenção. Dias atrás o governador Paulo Câmara esteve na cidade para inaugurar o Hospital de Campanha e tudo ocorreu de forma amistosa entre os dois. Resta saber se vai continuar assim. 

Vice revelado > Em Santa Maria da Boa Vista, o pré-candidato a prefeito Cidinho Andrade (PDT), anunciou o nome da professora Iolanda (PSOL) para compor sua chapa na função de vice, rumo as eleições de 15 de novembro deste ano. Geógrafa, e servidora do município há 25 anos, esteve por 12 anos no PT e foi candidata a vereadora por duas vezes, em 1996 e em 2000, lançada pelo saudoso Senhor Fulgêncio, liderança história do Perímetro irrigado.

Medidas mais severas > A prefeitura de Flores, anunciou que vai cassar o alvará dos estabelecimentos que não cumprirem com as medidas de prevenção ao Coronavírus na cidade. A decisão foi recomendada pelo Secretário de Saúde, Adriano e o Procurador Jurídico do Município, Rivaldo Rodrigues, em cumprimento as orientações do MPPE para que todos os municípios fossem mais rígidos e mais específicos sobre as ações de combate e controle do vírus.

Sobre os “cisterninhas” > O prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira (PSB), disse que dentre os endereços de IP identificados em um suposto esquema de fake News na cidade, o da Rádio Sertânia também apareceu na investigação. Porém aguarda a explicação da direção sobre quem usou a conexão de internet na empresa. Ressaltou ainda que apesar da rádio pertencer ao deputado Gonzaga Patriota,  seu amigo pessoal, ele não está sendo acusado. 

Acionados juridicamente > O ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz de Lima e a ex-secretária de Saúde do município, Maria Aparecida de Souza, tiveram uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público de Pernambuco, por supostamente, não terem repassado recursos financeiros ao CaruaruPrev na época em que faziam parte do poder executivo municipal.