A oposição de Lagoa Grande e a nova realidade

Se tem um grupo político de oposição em Pernambuco que busca virar uma fênix e renascer das cinzas, esse grupo está em Lagoa Grande, Sertão do São Francisco. Na cidade da Uva e do Vinho os oposicionistas foram derrotados de forma histórica pelo atual prefeito Vilmar Cappellaro (MDB), no ano passado. 

Cappellaro praticamente não fez campanha e teve uma reeleição com números acachapantes, vencendo o novato Henrique Diniz (DEM). Este,  aliás, se lançou numa eleição que quase todo mundo sabia por lá que era perdida. O problema é que ninguém queria enfrentar Cappellaro. 

O ex-prefeito Robson Amorim (DEM), liderança histórica na cidade, até queria, mas não tinha dimensão eleitoral para entrar nessa parada. Esperava-se, inclusive, que próprio Robson, o qual concorreu a uma vaga na Câmara Municipal, seria o vereador mais votado no pleito de 15 de novembro último. No entanto, não passou de 379 votos, ficando na suplência.

Para completar, seu filho Dhoni Amorim, outro ex-prefeito da cidade, passou para o lado de Cappellaro, mas também teve um desempenho pífio nas urnas: apenas 95 votos.      

Outro que ficou pelo caminho foi Carlinhos Ramos (DEM), o líder da bancada de oposição, sempre muito combativo ao atual governo. A única a se salvar desse naufrágio oposicionista foi a vereadora Lindaci Amorim (DEM). Mas Cappellaro tem maioria absurda na Câmara de Vereadores, e a oposição precisará, literalmente, juntar os cacos e encontrar um nome que possam chamar de seu nas eleições de 2024.

Investimentos para Poção<Quem vem correndo trecho pelo Agreste pernambucano é o deputado federal Fernando Filho (DEM). Esta semana ele anunciou a realização de obras de recapeamento de ruas no município de Poção. O investimento deverá ser de aproximadamente R$ 800 mil, e o trabalho realizado por meio da Codevasf – que, aliás, vem sendo fundamental para garantir as promessas do parlamentar em suas bases no Estado. 

Mais vacinas<Em Afogados da Ingazeira, Sertão do Pajeú, o atual prefeito Alessandro Palmeira, afirmou que o município está mais do que preparado para vacinar toda a sua população. Segundo ele, Afogados já tem em estoque todos os insumos necessários. Só tem um detalhe: falta a liberação de mais doses pelo Ministério da Saúde.

Demanda de aliados< Presidente estadual do Progressistas e deputado federal, Eduardo da Fonte recebeu a visita dos vereadores do PP da cidade de Vitória de Santo Antão (Agreste), Felipe Cézar, Biu de Genario, Carlos Henrique Queiroz e Beto de Bigode. Eles apresentaram projetos ao parlamentar, em busca de garantirem recursos importantes para as áreas da saúde, educação e segurança. O plano do partido em Vitória de Santo Antão é fortalecer cada vez mais a sua base para as eleições de 2022.

Deu o que falar<Em São José do Egito, Sertão do Pajeú, a denúncia de que o secretário de Saúde, Paulo Jucá foi vacinado contra a Covid-19, mesmo não pertencendo ao grupo prioritário, deu o que falar. Por nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que "acionou o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para averiguar possíveis irregularidades no processo de vacinação". Já o MPPE diz que tenta contato com a promotoria da cidade para obter mais informações sobre o fato.

 

Veja também

Novo programa de corte de jornada e salário divide setores
Programa federal

Novo programa de corte de jornada e salário divide setores

EUA suspende ensaio de tratamento com plasma para pacientes com a Covid-19
Pandemia

EUA suspende ensaio de tratamento com plasma para pacientes com a Covid-19