Avanço de Raquel coloca a oposição em uma nova ordem

A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), mostrou a faca nos dentes e entrou no jogo para acabar com as especulações de que ela não teria coragem de largar a zona de conforto da prefeitura de Caruaru, renunciar e enfrentar mais um embate eleitoral. Até então, apenas os prefeitos, Anderson Ferreira (PL), de Jaboatão e Miguel Coelho (MDB), de Petrolina, haviam mostrado à disposição e tinham posado para a foto de pré-candidatos. 

Tão fato novo quanto a nova postura de Raquel é o posicionamento do ex-senador Armando Monteiro Neto (PSDB), que agora defende, declaradamente, o nome da colega do partido. Até aqui, o discurso de Armando era mais contido e de gestões pela unidade que chegaria à um nome mais para frente.

As posturas de Raquel e Armando forçam uma nova ordem para as oposições. Seguramente, Anderson e Miguel apertarão o passo em busca de protagonismo e respostas de aliados atuais e futuros. Se todos querem aparecer melhor, também não perdem de vista a ideia de que, talvez, mais de uma candidatura ajude para levar o pleito para o segundo turno, levando vantagem para as forças oposicionistas. Mas isso ainda é uma outra conversa.

Visitando o time > Em tempos de arrumação política todo mundo corre para manter alinhamentos. O deputado estadual Aglailson Victor (PSB) cumpriu agenda no Sertão. Ele visitou os prefeitos Manuca de Zé do Povo (PSD) em Custódia, Adelmo Moura (PSB) de Itapetim e o ex-prefeito José Varderlei (PSB) em Brejinhos. O deputado acha que teria uma reeleição relativamente tranquila, mas que pretende ampliar a base.

Na trincheira > Quem aproveitou o feriado para visitar as bases foi o deputado federal André Ferreira (PSC). Em João Alfredo ele participou da entrega de duas retroescavadeiras ao lado do prefeito Zé Martins. De lá partiu para Feira Nova, onde conversou com o ex-prefeito Nicodemos.

Herança maldita > Em Casinhas, a prefeita Juliana Chaparral (DEM) disse que recebeu do ex-prefeito João Camelo (PSB) uma prefeitura endividada em mais de R$ 1 milhão. Enquanto isso, o marido dela, ex-prefeito de Orobó, Cléber Chaparral vai correndo trecho para virar deputado estadual.

Apoiando a esposa > Chaparral fez acabar um ciclo de 24 anos, em que os ex-prefeitos, João Camelo e Rosineide Barbosa, se reversavam no comando da porefeitura.

Ampliado > O Consórcio Público dos Municípios da Mata Sul (Comsul) cresceu e agora está mais robusto. Já são 17 municípios associados. A prefeita de Primavera, Dayse Juliana (PSB) é quem está no comando atualmente.
 
Tentou, mas não deu certo > O presidente Jair Bolsonaro sancionou o projeto que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias deste ano, com veto que impede a transferência de recursos à municípios de até 50 mil habitantes que estejam. O senador Fernando Bezerra até que tentou argumentar que a crise fiscal, causada pela pandemia de Covid-19, atingiu com maior intensidade os municípios pequenos, que não receberam transferências significativas de recursos federais. O Ministério da Economia justificou que, apesar da boa intenção do legislador, a medida contraria a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Veja também

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)
Pandemia

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)

Djokovic e Nadal decidem o Torneio de Roma neste domingo (16)
Tênis

Djokovic e Nadal decidem o Torneio de Roma neste domingo (16)