Contas de ex-prefeito de Trindade serão julgadas e turma de Helbinha trabalha para

Ex-homem forte da política de Trindade, no Sertão do Araripe, o ex-prefeito Everton Costa vai enfrentar parada difícil depois que o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) encaminhou à Câmara de Vereadores recomendação de rejeição das contas do ex-gestor relativas ao exercício de 2016.

Constam, entre as maiores motivações, sonegação previdenciária, deixando de recolher mais de R$ 4,3 milhões, mesmo retendo as contribuições dos servidores – o que, segundo o TCE-PE, terminou por gerar crise financeira e fiscal enormes, abrindo um rombo de quase R$ 8 milhões e déficit geral de quase R$ 24 milhões.

O TCE-PE diz ainda que no Fundeb ficou um buraco de mais de R$ 4 milhões.

As contas vão para o Legislativo, onde a prefeita Helbinha Rodrigues detém a maioria dos vereadores em sua base. De outro lado, ela certamente vai orientar a turma para a manutenção e aceitação do parecer do TCE-PE pela rejeição das contas.

O Tribunal já havia emitido parecer pela rejeição das contas de Everton em 2015. Com ele foi reeleito em 2016, o TCE-PE ainda solicitou à Coordenadoria de Controle Externo averiguar. O parecer prévio, alvo de questionamentos pela defesa do ex-prefeito, passou esse período em reavaliação, mas a decisão foi mantida.

Denunciou

Na Alepe, o deputado Abimael Santos (PL) repercutiu as denúncias que recebeu sobre as más condições de hospitais da rede estadual. Em uma delas, uma funcionária reclama da insuficiência de profissionais para atender pacientes durante os plantões, além da falta de insumos básicos como algodão e lençóis e climatizadores quebrados no Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana. Em outra denúncia, mães de bebês e crianças internadas no Hospital Barão de Lucena, no Recife, também apontam a falta de materiais e medicamentos para realizar tratamentos.

Voto de Aplausos e discussão

Ainda falando da Alepe, foi colocado em pauta o Requerimento nº 1.339/2023, que solicita Voto de Aplausos à Associação Pernambucana de Profissionais do Sexo (APPS) pelo aniversário de 21 anos de fundação. O requerimento acabou sendo alvo de discussão. Pastor Cleiton Collins (PP), que já havia subido à Tribuna durante o Pequeno Expediente para fazer um apelo pela retirada de pauta da matéria, declarou voto contrário. Para ele, apesar de compreender que cada mulher tem um motivo para seguir pelo caminho da prostituição, a situação é humilhante e mexe com a dignidade da maioria delas. Autor da proposição, João Paulo (PT) ressaltou que a prostituição é uma realidade em todo o mundo, e que a associação tem justamente o papel de proteger essas mulheres, especialmente as mais pobres e vulneráveis.

“Só pra fazer raiva”

O deputado estadual e líder do Governo Raquel Lyra na Alepe, ex-prefeito Izaías Régis (PSDB), é o nome forte da oposição na disputa pela Prefeitura de Garanhuns (Agreste) nas eleições de 2024. À jornalista Renata Gondim, ele disse que sua candidatura é uma resposta ao comportamento do atual prefeito Sivaldo Albino (PSB), que o desafia com “denúncias infundadas”. “Muita coisa na administração, ele (Sivaldo) queria me culpar. Ele tentou me tirar da vida pública, tentou me impugnar, ele rejeitou contas minhas aprovadas pelo Tribunal de Contas (TCE-PE). Ele pintou e bordou, e não conseguiu me tirar da vida pública. Então, eu não queria ser candidato a nada mais, mas denúncias infundadas são coisas que não se faz. Agora eu vou. Posso não ganhar, mas vou fazer raiva”, disparou.

Veja também

Queda extravagante: Confira análise sobre Fuzuê
Crônica

Queda extravagante: Confira análise sobre Fuzuê

Remanescente do "trauma" diante do Salgueiro, Diego Matos prega atenção redobrada contra o Afogados
Futebol

Remanescente do "trauma" diante do Salgueiro, Diego Matos prega atenção redobrada contra o Afogados