Depois da prisão, a luta pelo mandato de volta

Depois de cumprir 2 anos, 8 meses e 7 dias de prisão, o vereador de Ouricuri, no Araripe, Gildejânio Melo, teve uma nova frustração ao tentar reassumir sua cadeira na Câmara. Além do mandato, o vereador buscava também o salário que pretendia ter de volta, depois de ter sido preso por plantio de maconha em sua propriedade, no sítio Seriema, zona rural de Santa Filomena.

Enquanto esteve preso, quem assumiu seu lugar foi o suplente Nanias de Santa Rita, que quando viu a possibilidade de perder o posto, logo se articulou e colocou em votação na Câmara o pedido para continuar no mesmo lugar, batendo de frente com seu antigo “colega” que também colocou em votação a solicitação para recuperar o cargo.

Não deu outra, durante a votação, enquanto Gildejânio trabalhou nos bastidores para tentar voltar com todos os direitos, Nanias pedia para deixar de ser suplente e assumir definitivamente o cargo. A maioria rejeitou todos os pedidos de Gildejânio, com a justificativa de que a grande quantidade de faltas do parlamentar eleito fez com que seu mandato fosse suspenso.

Dessa forma, Gildejânio perde a função de vereador juntamente com as prerrogativas do cargo depois de ter sido eleito com 1.416 votos. Apesar de não ter tido o mandato cassado pela Câmara enquanto esteve preso, fato que lhe deu esperança para recuperar a carreira de vereador, não garantiu que, ao ser solto, as coisas acontecessem como esperava.

OLHO >>

Apesar de não ter tido o mandato cassado, não garantiu que ao ser solto as coisas acontecessem como esperava

NOTAS >>

Negou > Em Araripina o pré-candidato a prefeito, Tião do Gesso, disse que não vai aceitar nenhum tipo de aliança com o grupo da deputada Roberta Arraes. Isso porque surgiram comentários de que o vice-prefeito Bringel Filho teria desistido de disputar a prefeitura e os aliados eram justamente a deputada e o ex-prefeito Alexandre Arraes.

Confirmada > Em Tabira a pré-candidatura da cirurgiã-dentista e vereadora Nelly Sampaio para disputar a prefeitura em 2020, foi confirmada pelo presidente estadual do PSC, o deputado federal André Ferreira e pelas lideranças locais. Nelly deve ter como vice a filha do vice-prefeito José Amaral, Maria Helena, na chapa denominada “Agora São Elas”.

Provocou > O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), que já confirmou que irá apoiar a candidatura do ex-prefeito Silvino Duarte para assumir seu lugar a partir de 2020, decidiu provocar o principal candidato da oposição, o líder do PSB no Estado, Silvaldo Albino. O prefeito chamou sua base de “fraca e perdida” e ironizou a falta de recursos.

Bolso cheio > Quatro cidades do interior de Pernambuco, dentre municípios de várias regiões, têm recebido benefícios consideraveis através de recursos oriundos de emendas parlamentares do deputado Tadeu Alencar (PSB-PE). Iati, Moreilândia, Ouricuri e Exu, receberam, juntas, mais de R$ 25,5 milhões em emendas.

Veja também

'Fomos além do que somos obrigados a fazer', diz Bolsonaro sobre falta de oxigênio em Manaus
Amazonas

'Fomos além do que somos obrigados a fazer', diz Bolsonaro sobre falta de oxigênio em Manaus

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante