Eleição do tapetão

Em Palmares (PE), a discussão atual é para saber quem estará com a razão em relação à eleição municipal de 2020. Isso porque existe um recurso que, segundo os plantonistas políticos, decidirá quais os destinos no comando do Poder Executivo Municipal, já que a pendenga teria entrado na pauta de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e poderá acontecer a qualquer momento.

Depois de uma eleição marcada por embates políticos, o que é natural, a eleição municipal em Palmares ainda não acabou, tudo por conta de uma disputa jurídica que persiste até então.

A briga na cidade é para saber se vai ter uma eleição suplementar ou o mandato do Prefeito Júnior de Beto (PP) terá continuidade. O que se discute é que, ainda na eleição, a candidatura de Júnior à prefeitura de Palmares foi impugnada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). Por unanimidade, os desembargadores entenderam que havia irregularidade na postulação do candidato e cassaram o registro de candidatura da chapa majoritária da coligação Palmares Feliz de Novo (Pros, Republicanos e PP).

O pedido de impugnação da chapa foi solicitado pela coligação União Popular Pelo Trabalho, Progresso e Paz que reúne os partidos Solidariedade, Podemos, PSL, PT, PSB, PCdoB e MDB. Nos autos, é questionada irregularidade na convenção partidária que escolheu Júnior de Beto.

A situação diz que isso está resolvido e o que resta é "choro da oposição". Já os contrários acreditam que, em caso de o recurso ser aceito pela maioria dos Ministros do TSE, poderá haver nova eleição com o Presidente da Câmara assumindo até um novo prefeito seja eleito e empossado.

O adeus a Veio de Helena >
A cidade de Xexéu acordou mais triste. Morreu na madrugada deste domingo 07, vítima da covid-19, o vereador do PSB Jose Valdelicio Da Silva Filho, conhecido na cidade por “Veio de Helena”. Eleito com 555 votos, ele estava internado no Hospital Regional de Palmares. Só para se ter uma ideia do tamanho do contágio a cidade de Xexéu registrou ate o dia 05 de março, 367 casos confirmados e 19 óbitos pela Covid.

A polemica de Pé de Galo >
Em Petrolina o vereador Wenderson Batista (DEM) o “Pé-de-Galo”, está mobilizando os demais colegas parlamentares para aprovarem um projeto de Lei que torna bares, restaurantes e similares como serviços essenciais
O texto pede também a abertura de salões de beleza, barbearias e clubes como “serviços essenciais” e deverá ser apreciado na próxima sessão remota, na terça-feira (09).

Sem um líder >
Em Caruaru, no Agreste pernambucano, mesmo a prefeita Raquel Lyra (PSDB) tendo 18 vereadores em sua base política, ainda não anunciou o seu líder do governo no legislativo. E olhe que na gestão passada só eram 14 os aliados. A bancada cresceu e nenhum nome assumiu o protagonismo. Já estamos no terceiro mês e a prefeita parece não ter pressa em escolher. Já oposição é liderada pelo vereador Fagner Fernandes (PDT).

Veja também

Senado: Flávio Bolsonaro representa contra Kajuru no Conselho de Ética
Atrito

Senado: Flávio Bolsonaro representa contra Kajuru no Conselho de Ética

UFPE publica edital de matrícula relativo ao SISU 2021 com novo cronograma
Graduação

UFPE publica edital de matrícula relativo ao SISU 2021 com novo cronograma