Em Orocó, o desenho eleitoral começa a ganhar forma

Em Orocó as articulações políticas estão a todo vapor para as eleições de 15 novembro. Faltando pouco mais de três meses para a cidade escolher os novos líderes, oposição e situação andam fazendo seus acordos objetivando juntar forças. Enquanto o atual prefeito, George Gueber Cavalcante Nery (PT) anuncia que vai para a reeleição, possivelmente com o vereador Binho de seu Tonho, como vice, a oposição tenta a todo custo uma união para tentar impedir a segunda vitória do petista. 

A atual vice-prefeita, Adaltiane Menezes já pulou do barco do prefeito e anunciou o apoio à pré-candidatura de Hugo de Galego (PP). Nos últimos dias chegaram três ex-prefeitos: Sergio Clementino, Lourinho Granja e Didi Amando. Dois ex-vice-prefeitos: Rosinha e Roberto Bolívar, além de líderes locais para apoiar seu projeto rumo as eleições.

Os analistas eleitorais pelas esquinas, no entanto, comentam que a força eleitoral do postulante a vice, Binho, seria na verdade do seu pai, Seu Tonho, que foi candidato nas eleições de 2016 contra o próprio Gueber, saindo do pleito eleitoral com 3.014 votos 31,20% do total de votos válidos. O que parece é que a união chegou e a ideia agora é apostar também na força de Binho, que já passou por votações expressivas na cidade. 

O cenário que os adversários do prefeito tentam desenhar para os próximos meses de campanha eleitoral, é o de união entre toda a oposição da cidade, com nomes importantes como do jovem advogado, Rodrigo Amando que é líder do PSD local e foi candidato a vice-prefeito em 2016 e do ex-presidente do Poder Legislativo, o ex-vereador Antônio Simplício.

Desistiu > O médico e ex-prefeito de Triunfo, Dr Eduardo Melo (sem partido), que participa, há alguns anos, ativamente da política da cidade, revelou que não fará mais parte da disputa eleitoral deste ano de 2020. Deixando, dessa forma, o caminho livre para os demais adversários. Eduardo Melo declarou ter dado a sua contribuição ao povo de Triunfo, e destacou os trabalhos exercidos nos seus últimos anos de contribuição política.

Negou > Em São José do Egito, o ex-prefeito e atual pré-candidato, Romério Guimarães (PT), negou as notícias que estão circulando pela cidade de que havia desistido da sua disputa para retornar a prefeitura. “As notícias, sem fonte oficial são “fake news”, disse ele. Romerio caminha na oposição, ao lado de Rona Leite, do PT e a professora Roseane Borja. Do outro lado, o prefeito Evandro Valadares, do PSB.

Empossado > Em Santa Terezinha, o suplente Ailton Souza vai assumir por 90 dias o cargo de vereador de José Lindomar Cordeiro Leite, que pediu afastamento para realizar um tratamento de saúde. O pedido, aprovado em junho deste ano pelo plenário da Casa, foi efetivado pelo presidente Adalberto Júnior. Ailton integra atualmente a base do prefeito Vaninho de Danda (PR).

Licitação comprometida > Uma ação civil pública ajuizada pelo MPPE suspendeu o processo licitatório da prefeitura de Garanhuns que visava a concessão de serviços para padronização de feiras livres. O juiz de Direito Glacidelson Antonio da Silva, da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Garanhuns entendeu que a Prefeitura comprometeu o caráter competitivo do certame.