Exemplo que vem da Câmara Municipal de Limoeiro

Em meio a tantos maus exemplos de gastos com dinheiro público país afora, em Pernambuco a Câmara Municipal de Limoeiro, no Agreste, dá o exemplo. Sob a presidência do vereador Juarez (DEM), a Casa legislativa devolveu o valor de R$ 710 mil ao Executivo.

Juarez demonstra não apenas que administra a câmara da maneira que deve ser. Ele também colabora com a prefeitura neste momento ainda bastante delicado por conta da pandemia de Covid-19. E que bom se todos os chefes de legislativo atuassem dessa forma.

Órgão fiscalizador dessas instituições, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) tem muito trabalho em relação à prestação de contas de prefeitos, vereadores e presidentes de câmaras. A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) exige uma gestão sóbria e racional em relação ao dinheiro do contribuinte pernambucano. 

Essa cartilha, no entanto, nem todos os gestores costumam seguir, mas a Câmara de Limoeiro seguiu. Isso deveria ser regra geral, mas por enquanto ainda é exceção. E até por isso mesmo merece todos os aplausos. 

Poucas novidadesA posse de Gildevan

AcusadoO secretariado de Nininho    

 

Veja também

EUA confiam plenamente em que Brasil terá eleições 'livres e justas'EUA e Brasil

EUA confiam plenamente em que Brasil terá eleições 'livres e justas'

Acordo México-EUA ressuscita política migratória da era TrumpEUA e México

Acordo México-EUA ressuscita política migratória da era Trump