Fernando Filho alfineta PSB e diz que oposição precisa acertar na mensagem

Ao contrário do que muitos pensam da disputa majoritária em Pernambuco nas eleições 2022, o deputado federal Fernando Filho (DEM) disse não ter dúvidas que o bloco de oposição tem grandes chances de levar a melhor tanto unido no primeiro turno, como apenas no segundo. A análise foi feita nesta quarta-feira (26) para o programa Painel 100,7, da Grande Rio FM.

“As pessoas que estão sendo colocadas pelo campo da oposição para capitanear essa mensagem contra o PSB, têm que ter a estratégia de poder acertar na mensagem”, declarou.

Apesar de ser comedido em suas críticas, o deputado não deixou de comentar o que considera um desempenho fraco dos socialistas à frente do Governo de Pernambuco nesses últimos 8 anos. “Não sou de fazer política falando de ninguém. Mas com todo respeito, o governo do PSB no passado representou um simbolismo, uma esperança numa época muito bem tocada por Eduardo (Campos), mas eu não consigo hoje ver como o PSB vai às ruas para dizer ao povo de Pernambuco que precisa continuar. Qual é a obra? qual a marca que o governo do PSB diz que precisa de mais quatro anos?”, avaliou.

Em vez disso, Fernando Filho reforçou, a exemplo de outros oposicionistas no Estado, os pontos fracos da gestão de Paulo Câmara. “A gente sente os efeitos desse governo na Compesa, na qualidade das estradas, na alta carga tributária, na falta de segurança. Pra que a gente precisa de mais quatro anos (do PSB)?”, alfinetou.

O parlamentar também se mostrou empolgado com a ampliação do seu leque de apoios para 2022. Além de sua base tradicional no Sertão, ele destacou que atualmente conta com 17 prefeitos – em todas as regiões do Estado – que o respaldarão na busca de mais um mandato na Câmara Federal.

Sertão no alvo

Álvaro Porto (PTB) vem ampliando suas bases para além do Agreste Meridional, Mata Sul e Região Metropolitana do Recife. Com o apoio do vereador de Paulo Gonçalves (PDT), de Cabrobó, começa a entrar no Sertão do São Francisco. Ao lado de Gonçalves, do ex-prefeito Eudes Caldas e de outras lideranças locais, ele marcou presença no Cabrobó Fest e demonstrou certa afinidade com os sertanejos.

O escolhido

No Recife  o senador Humberto Costa (PT) participou de reunião com governador Paulo Câmara (PSB) e lideranças do PT para mais uma rodada de conversas sobre o nome ideal para ser o candidato ao Governo do Estado pela Frente Popular. De acordo com o senador, Paulo afirmou que o anúncio da candidatura do PSB ao Governo será na semana que vem, e que dependendo da conjuntura nacional, o PT poderá apoiar o nome escolhido. 

Rompimento

O presidente da Câmara de Capoeiras, José Fernandes (PSB) até então aliado do prefeito Nego do Mercado (PSB), rompeu e formou um grupo com outros vereadores oposicionistas. O rompimento antecipado veio após eleição que destinou 6 votos para o biênio 23/24, isolando assim o grupo do prefeito. Agora quem comandará casa até o final do mandato é vereador José Fernandes. Também foram eleitos para o novo quadro Verônica Araújo (vice-presidente), Érico Barbosa (1º secretário) e Edgar Rodrigues (2º secretário).

Veja também

Copa do Brasil: Atlético-MG derrota Brasiliense e está nas oitavas
Futebol

Copa do Brasil: Atlético-MG derrota Brasiliense e está nas oitavas

Daniel Silveira diz não usar mais tornozeleira e afirma que 'Judiciário não faz mais nada'
Política

Daniel Silveira diz não usar mais tornozeleira e afirma que 'Judiciário não faz mais nada'