Gonzaga diz que é cedo para discutir 2022, mas aposta em protagonismo do PSB

Já tem muita gente correndo trecho pensando na eleição de 22, mas o decano da câmara, deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), acredita que ainda é muito cedo para bater o martelo em torno do nome que irá representar a legenda na corrida eleitoral. A declaração foi dada ao programa Folha Política na rádio Folha.

Nos bastidores quem permanece no radar é o ex-prefeito do Recife, Geraldo Júlio. Geraldo liderou a capital do Estado por dois mandatos e em uma pesquisa realizada no início de 2014, foi o segundo prefeito mais bem avaliado do Brasil, ficando atrás apenas de ACM Neto, de Salvador. Mas, para Gonzaga, “não tem nada definido”. “Acho que tem que haver uma conversa com povo para saber”, afirmou. Ele avalia que existem dois tipos de candidatos: o que é político e o que é técnico.

Para ele, tanto Geraldo, como Paulo Câmara, são candidatos técnicos. “Todos fizeram e fazem um trabalho muito bom, principalmente no controle da pandemia, como é o caso de Paulo Câmara”. “Nós tínhamos o Miguel Arraes, Eduardo Campos, Joaquim Francisco, o próprio Roberto Magalhães, todos esses eram governadores políticos. Acho que é bom a gente discutir com a sociedade e ver se será mesmo Geraldo Júlio, ou se será outra pessoa. A gente precisa dar continuidade a esse trabalho bom que está sendo pelo governador Paulo Câmara, principalmente na pandemia”, afirmou Gonzaga. 

Apoios > O Secretário de Turismo, deputado licenciado Rodrigo Novaes está caminhando para ampliar suas bases. Ele acaba de conversar com o presidente da Câmara de Vereadores de Lagoa Grande, Josafá Pereira (MDB), e os vereadores Mantena (PSB), Inaldo Torres (MDB), Edneuza Lafaite (MDB) e Neguinho Resende (MDB). A maioria dessa base votava com o deputado estatual Lucas Ramos (PSB).

Em romaria > A deputada estadual Dulci Amorim (PT) foi até a cidade de Santa Cruz da Venerada, capital da romarias no sertão, ao lado do ex-deputado Odacy Amorim (PT), e participou de um encontro com a prefeita do município, Eliane Soares (Avante). Dulci discutiu a destinação de emendas para a cidade e falou de seu projeto para incentivo ao turismo religioso no Sertão.

Vai atrás > Luciano Torres, prefeito de Ingazeira e presidente do Cimpajeú disse que na próxima quinta vai participar de uma reunião com o Coordenador do DNOCS em Pernambuco, coronel Edilson Monteiro, para tratar do religamento da rede de energia pela Celpe aos moradores das margens da Barragem da Ingazeira. Disse ainda que vai buscar resolução para o contorno da estrada às margens da barragem, para beneficiar Ingazeira, Tuparetama, São José do Egito e Tabira. O DNOCS chegou a licitar R$ 5 milhões para topografia e execução da obra, mas o projeto não saiu do papel.

Matadouro > A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe quer resolver de vez o problema do abate clandestino na cidade. Chamou marchantes e açougueiros do município para apresentar o Projeto de Lei Executivo de Concessão do Matadouro Público. O prefeito Fábio Aragão (PP) explicou como vai funcionar a parceria com o setor privado em uma licença de dez anos.

Veja também

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante
Coronavírus

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante

Senado aprova redução na tarifa de energia elétrica por 5 anos
CONTA DE ENERGIA

Senado aprova redução na tarifa de energia elétrica por 5 anos