Miguel conversa com Henry e mostra mais ânimo para a disputa

A conversa do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, com o presidente estadual do MDB, deputado Raul Henry, ainda não revelou que postura terá o partido nas eleições de 2022. Em entrevista ao programa Folha política da Rádio Folha, Miguel comentou o teor da reunião e deixou claro que essa foi a primeira de muitas que ainda deverão ter. Após a conversa, disse que no segundo semestre deste ano as decisões poderão estar mais concretas, caso a pandemia esteja mais controlada. 

“Ninguém vai deixar para tomar uma decisão nos 45 minutos do segundo tempo. Não se pode ficar agarrado a cargo, Pernambuco precisa de um projeto coletivo, que ajude a tirar a população do saldo negativo de emprego, de segurança social. E, o MDB podendo liderar esse projeto, poderemos fazer uma grande ação. Mas, não depende só do protagonismo dele. Precisamos respeitar os demais partidos que têm muito o que colaborar por Pernambuco”, declarou. 

O prefeito deixou claro o seu respeito pela liderança de Henry, mas mostra cada vez mais a faca nos dentes pela vontade da disputa. “Em junho ou julho, se a pandemia não estiver mais no nível que está, poderemos, através de um diálogo, construir um programa de governo, ouvindo as pessoas e as melhores construções. No momento apropriado vamos construir um projeto coletivo, de oxigenação e renovação, estou com muita vontade. O MDB conseguindo liderar, vamos trazer muitas outras pessoas. Será um projeto maior que oposição e a situação, será um projeto em prol de Pernambuco. Um projeto que vai criar um novo momento para poder representar nosso povo”, afirmou.

Geração de renda no Agreste > Como forma de incentivar a geração de emprego e renda para famílias do agreste do Estado, o senador Jarbas Vasconcelos destinou R$ 200 mil em emenda parlamentar para o projeto Mãos que Criam, da Secretaria do Trabalho Emprego e Qualificação. A iniciativa, tocada nas cidades de Poção e Pesqueira, busca capacitar artesãos na confecção de rendas. Foca na produção de artigos que atendem exigências de qualidade e de mercado, preservando a identidade cultural da região.

Acolhendo artistas > Em Camaragibe, entrou em pauta de discussão, o projeto de lei de autoria do poder Executivo, para a criação de um auxílio emergencial para os artistas do município. Como em todo lugar, é grande o grito da classe devido à proibição de shows e atividades artísticas em apresentações por causa da pandemia do novo coronavírus. O valor do auxílio ainda está em discussão.

Cestas básicas para o Agreste > O deputado federal Fernando Rodolfo (PL), pediu à Fundação Palmares celeridade para a entrega de cestas básicas a comunidades quilombolas do agreste pernambucano. O parlamentar esteve em Brasília, com o diretor do departamento de proteção da Fundação, Laércio Fidélis e com a chefe de divisão, Edi Freitas.  A Fundação Palmares irá distribuir cestas básicas com 10.516 famílias quilombolas em Pernambuco e cada uma delas receberá quatro cestas básicas nos próximos meses.

Veja também

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas
Chuvas

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante
Coronavírus

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante