Murilo Cavalcanti admite que MDB pode ir com Miguel, mas longe de Bolsonaro

O jogo da sucessão em Pernambuco começa a se afunilar e as pedras agora mostram sinais dessa estratégia. Em conversa com este colunista, o secretário de Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti, e também militante histórico do MDB Pernambucano, disse que há dois anos esteve com o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, que postula a indicação do partido ao governo do estado, em um evento da primeira infância no curso que participaram junto em Harvard, nos Estados Unidos. 

“Naquele momento eu disse a Miguel que entendia que suas postulações eram legítimas. Bom prefeito, de família tradicional, jovem e com vontade. Mas acontece que Raul me chamou pra conversar e disse que o MDB não tem a menor condição de apoiar um projeto aliado ao presidente Jair Bolsonaro.” 

Contudo, o secretário não jogou terra ou disse que o projeto junto a Miguel não poderia acontecer.

“Claro que o partido pode sim ter uma candidatura majoritária e o nome ser Miguel. A gente tem relação forte com a frente popular, mas no dia que o MDB disser que o partido vai ter candidato, a gente sai. Não tenho apego a cargos e serei o primeiro a entregar o meu. Deixando claro que não é um projeto alinhado a Bolsonaro e tampouco a Lula. Precisamos sair dessa polaridade, não faz bem ao país. Precisamos de outro caminho, alguém de centro esquerda com um projeto, mas tem que ser conversado. Mas não pode o irmão dele, deputado Antônio Coelho, que respeito muito, dar uma entrevista daquelas. As histórias de Jarbas e Raul não podem ser atreladas a Bolsonaro”, avaliou. 

Prorrogado
O deputado Álvaro Porto (PTB), que fez apelo ao Governo do Estado para que fosse ampliada a vigência do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos de 2020, comemorou a portaria divulgada do dia 1° de junho. No documento, o Estado estendeu a validade do CRLV/2020, o que significa que veículos com pagamentos atrasados em 2021 não poderão ser apreendidos. Desse modo, trabalhadores que usam automóveis para ganhar a vida podem retomar o fôlego financeiro neste momento de retração econômica imposta pela pandemia. O deputado estadual diz que continua a luta para que o pagamento de débitos oriundos de IPVA e Taxas Licenciamento seja parcelado.

Polêmica da merenda
Em Salgueiro os vereadores Henrique Leal Sampaio e Léo Parente visitaram a escola municipal Cleuzemir Pereira e encontraram vários alimentos que, segundo eles, deveriam ser distribuídos aos alunos da rede municipal de ensino. A Secretaria de Educação rebateu dizendo que os kits de merenda são remanescentes da primeira entrega e que a Instrução Normativa sobre a merenda escolar durante a pandemia da Covid-19 proíbe a distribuição dos kits para famílias que não sejam as dos estudantes matriculados na rede municipal de educação.

A carteirada
O vereador de Caruaru, Cabo Cardoso (PP), detonou as exonerações do comando da Polícia Militar após os protestos do Recife. Para uma rádio de sua cidade, ele disse que haviam vândalos infiltrados, ao lado de pessoas de bem, que atacaram a polícia com pedras e tijolos e houve desacato, com tentativa de “carteirada” por parte da vereadora Liana Cirne (PT).

Veja também

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'
Política

Em dia de Moro suspeito no STF, Lula lembra dos dias na prisão: 'provação de fé'

Com gol aos 55, Brasil bate Colômbia e dá a Tite maior sequência de vitórias
Copa América

Com gol aos 55, Seleção Brasileira bate Colômbia