O corte de energia e as ações judiciais na prefeitura de Tabira

A sobra e a escuridão invadiram a cidade de Tabira, no sertão do Pajeú. Afirmando que o motivo foi a falta de pagamento, a Celpe suspendeu, nos últimos dias, o fornecimento de energia da praça Gonçalo Gomes, da praça do cemitério e até do prédio central da prefeitura da cidade.

Sem ter o que fazer a prefeitura acionou a procuradoria e ingressou com ação judicial para parcelar o débito de R$ 763.439,02 (setecentos e sessenta e três mil quatrocentos e trinta e nove reais). A administração sustenta que o debito, quase integralmente, foi herdado da gestão anterior. 

Em uma decisão liminar, o juiz da comarca de Tabira atendeu ao pedido do município e deferiu liminar para que a Celpe “se abstenha de realizar qualquer corte no fornecimento dos serviços de energia elétrica para setores essenciais do município em razão dos débitos consolidados e objetos do presente pedido de parcelamento judicial”. 

Acontece que nos últimos meses, a Companhia Energética havia intensificado as cobranças pelo pagamento de dívidas antigas e tinha recusado propostas de parcelamento oferecidas pelo município de Tabira, o que justificou o pedido de parcelamento judicial. Em sua decisão, o juiz abriu vistas ao Ministério Público para apurar eventual improbidade administrativa cometida pela gestão anterior.

Manteve

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TVE) decidiu manter a rejeição das contas da ex-prefeita de Arcoverde, no Sertão do Moxotó, Madalena Brito, referentes ao exercício financeiro de 2016. O Tribunal enviou recomendação à Câmara de Vereadores para que a decisão seja mantida. A Segunda Câmara do TCE, durante sessão na última semana, acompanhou o voto do relator e, preliminarmente, conheceu dos presentes embargos de declaração e, no mérito, negou-lhe provimento, mantendo dessa forma os termos do parecer prévio listados nos autos do processo.

Salgueiro

Em Salgueiro a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara de Vereadores, criada para investigar possíveis irregularidades na condução das aulas remotas da rede municipal iniciou já iniciou suas investigações A comissão reuniu-se com o secretário municipal de Educação, Marcelo Sá que prometeu fornecer todas as informações.


Regularizou
Quem mora na área rural de Cupira ganhou uma noticia boa. A prefeitura local vai emitir escrituras gratuitas de casas, terrenos e outras propriedades localizadas em áreas rurais de Cupira. A iniciativa em parceria com o Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco - ITERPE, e vai regularizar imóveis de famílias carentes, de agricultores. O programa também visa evitar, com a emissão das escrituras, possíveis conflitos pela posse dos imóveis e das terras. Situação e oposição, no município, se uniram nesse proposito.

Presente
Com um olho na administração e outro na politica, a prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), quer comemorar o aniversario de sua cidade, amanhã, entregando obras. O ponto alto, no quesito festa, será a apresentação do cantor Assisão, símbolo da cidade em uma live.

Veja também

Se Congresso aprovar voto impresso, Guedes vai ter que arranjar verba para implantar, diz Bolsonaro
Brasil

Se Congresso aprovar voto impresso, Guedes vai ter que arranjar verba para implantar, diz Bolsonaro

Senadores republicanos barram votação de lei que garante acesso ao voto nos EUA
EUA

Senadores republicanos barram votação de lei que garante acesso ao voto nos EUA