O exemplo de Petrolina que faz a diferença em Pernambuco

Quando se fala em prestígio político, o natural é que os olhos se voltem para a capital. É onde está a maioria dos votos em qualquer estado da federação. Mas Petrolina é a Terra dos Impossíveis, como chamava o religioso Monsenhor Ângelo Sampaio.

Só nesta semana, dois ministros de Estado estiveram na principal cidade do Sertão. A primeira agenda, com o ministro Rogério Marinho, na segunda (22), teve inauguração de um projeto habitacional com 500 casas e liberação de R$ 17 milhões para barragens.

Nesta quinta (25), o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, liberou de uma só vez R$ 32,6 milhões para reformar o Centro de Convenções Nilo Coelho e a construção de um teatro municipal. O que chamaria a atenção em qualquer outra cidade de médio porte, virou rotina e até banal nos últimos anos na cidade sertaneja.

Todo esse prestígio vem do senador Fernando Bezerra Coelho. Considerado por alguns adversários como adesista, o líder do clã dos Coelho retomou a prefeitura e Miguel, seu filho, faz um mandato vistoso.

Proeza parecida ocorreu num passado mais distante, quando Nilo Coelho inverteu a lógica do prestígio político e trouxe investimentos que transformaram a cara da cidade sertaneja.

Caso se reeleja com tranquilidade nas eleições deste ano, conforme as pesquisas internas apontam, Miguel pode se cacifar, após muitas décadas, um concorrente real advindo do Sertão ao Palácio Campo das Princesas.

 

Não entendeu > A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), divulgou nota em que criticou a decisão do Governo do Estado sobre endurecer as restrições econômicas da cidade nos próximos 10. Disse que o governador tratou Caruaru “de forma isolada” e que a decisão foi “unilateral”, e que apesar de não entender os critérios, seguirá o decreto.

De propósito? > Após ter as contas de 2014 rejeitadas, o prefeito de Tabira, Sebastião Dias (PTB), disse que a presidente da Câmara, Nelly Sampaio, segurou as contas “de propósito” por achar que teria seu apoio nas eleições deste ano, já que o parecer prévio foi recebido pela Câmara em janeiro e durante este tempo não houve sessão exclusiva para deliberar aprovação ou rejeição das contas.

Reforma tributária > Em Afogados da Ingazeira, o prefeito José Patriota, criticou a forma atual de arrecadação e distribuição de receitas e concordou com a simplificação do processo por meio do Simplifica Já e a Reforma Tributária pós-pandemia. Segundo ele, “está muito complicado, desatualizado. Não tem uma legislação atualizada para o momento, o contexto atual da sociedade”.

Catende > O atual vice-prefeito, Fausto da Farmácia, que assume a prefeitura interinamente, sai do PSD para ingressar no Republicanos como pré-candidato a prefeito, com apoio do deputado federal Silvio Costa Filho, que também é presidente estadual da sigla.

Veja também

Hebert Souza estreia com vitória nos Jogos
Jogos Olímpicos

Hebert Souza estreia com vitória nos Jogos

Fernanda e Ana ganham 3ª regata no 49er; Scheidt é 4º no laser em Tóquio
Jogos Olímpicos

Fernanda e Ana ganham 3ª regata no 49er; Scheidt é 4º no laser em Tóquio