PDT responde e detona Manuel Botafogo

O coordenador dos Núcleos de Base do PDT de Pernambuco, Wellington Batista, não deixou barato a saraivada de críticas feitas pelo prefeito de Carpina, Manuel Botafogo, ao seu ex-partido, conforme publicado nesta coluna. Botafogo se disse “desprestigiado” pela legenda, dirigindo-se principalmente ao deputado federal e presidente da legenda, Wolney Queiroz. No entanto, Batista afirmar que o gestor distorce fatos "é faltar com a verdade”.

“Temos de dizer que ele distorce os fatos, falta com a verdade e ignora a vida orgânica de uma agremiação partidária. Durante todo o tempo em que ele esteve no PDT, foi convidado pela legenda para reuniões, debates, seminários e todas as atividades regulares que os trabalhistas realizam em Pernambuco. Em raríssimas oportunidades se fez presente. Botafogo sequer apoiou candidaturas do PDT para deputados estaduais ou federais, fato esse que contraria frontalmente uma das principais diretrizes da sigla, que é o fortalecimento de nossas bancadas. Enquanto dirigente partidário, dou por encerrado esse debate, compreendendo que não há mais argumentos para discussão", declarou.

O coordenador disse que a legenda sempre quis ter uma relação próxima com o prefeito, ele afirmou que no processo eleitoral de 2020, o PDT de Pernambuco ofereceu auxílio jurídico, logístico, de comunicação estratégica e contábil, mas o prefeito nem tomou conhecimento.

Novos luxos > Uma ação popular, impetrada por integrantes do Movimento Brasil Livre, quer barrar a locação de veículos pela Assembleia Legislativa de Pernambuco. O movimento acha que são carros de luxo. Está previsto um gasto anual de R$ 5 milhões e 800 mil reais para aluguel de carros suas excelências os deputados estaduais de Pernambuco. 

Negou > O TRE de Pernambuco negou um novo recurso impetrado em parceria pelo prefeito e vice cassados de Arcoverde, Wellington Maciel (MDB) e Israel Rubis (PP), e pela ex-prefeita Madalena Britto (PSB).

Contratações ilegais > O prefeito de Santa Filomena, Pedro Gildevan Melo (PSD), não está tendo vida fácil. A primeira câmara do TCE referendou, por unanimidade, medida cautelar expedida monocraticamente pelo conselheiro Valdecir Pascoal, que suspende decretos do município. A cautelar foi dada depois da provocação do presidente da Câmara Geandro Coelho de Vasconcelos, que apontou indícios de irregularidades que permitiram às secretarias municipais contratar e rescindir contratos sem base legal.

Repúdio a prefeita > O Simepe de Caruaru detonou a prefeita Raquel Lyra (PSDB). O sindicato repudiou a atitude da prefeitura com relação a vacinação dos profissionais de saúde. Segundo eles as fases do plano de vacinação foram puladas, prejudicando a ordem de vacinação dos grupos prioritários. “A prefeitura fez o chamamento para a segunda fase, sem nem ter concluído a primeira, que contemplava os trabalhadores de saúde”, disse o Simepe.

Decisão cassada > Em Sertânia foi cassada, pelo presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira Norberto dos Santos, a decisão liminar do Juiz de Sertânia, Osvaldo Teles Lobo Junior que autorizou o funcionamento com atendimento presencial das padarias no município. O juiz local tinha decidido “autorizar imediatamente o funcionamento das padarias com atendimento não só de delivery como também drive-trhu, para o consumidor em geral, permitindo-se o atendimento presencial, sem aglomeração".

Veja também

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas
Chuvas

Defesa civil dos municípios da RMR registram ocorrências por conta das chuvas

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante
Coronavírus

Testes de anticorpos após vacina contra Covid-19 são incapazes de garantir a eficácia do imunizante