Santa Terezinha em dias difíceis

Em Santa Terezinha, no Sertão do Pajeú, a situação política não anda nada fácil depois do falecimento do prefeito Vanin de Danda, no último dia 20 de novembro, após complicações devido a Covid-19. O atual vice-prefeito, Aderivan Santos (Avante), que assumiu o cargo até o fim do ano, já declarou que o prefeito eleito no dia 15, Delson Lustosa (Podemos), vai encontrar uma situação financeira difícil para administrar.

De acordo com Aderivan, depois que assumiu a prefeitura, vem encontrando uma dificuldade atrás da outra para conseguir quitar as dívidas da prefeitura. Um dos motivos, segundo ele, tem sido a burocracia dos bancos. Recursos do município chegaram a ser bloqueados por conta de uma decisão judicial em favor de um precatório de uma servidora. Para o agora prefeito, o jurídico teve o prazo de 15 dias para fazer a defesa e não fez. 

Com problema atrás de problema, Aderivan diz que prefere não culpar ninguém: “Eu estou herdando tudo e não vou atribuir culpa a ninguém. Estou assumindo o compromisso que vou lutar e priorizar pagamento porque o pai de família tem conta para pagar como eu tenho. É uma situação terrível, mas eu peço paciência”, declarou.

De acordo com as informações de bastidores, o governo municipal já tem uma folha de pagamento atrasada e tudo indica que vai fechar a segunda, além de outros débitos. De forma que já alertou o prefeito eleito sobre mais precatórios que ficarão para ele resolver. E sobre os concursados que estão aguardando a posse, Adarivan afirmou que essa missão também ficará para Lustosa.

Prioridades > Em Cabrobó, o prefeito eleito, Galego de Nanai (Avante), faz compromisso com a população e diz que municipalização do trânsito, criação da Guarda Municipal e o Fundo de Apoio ao Estudante Universitário irão sair do papel logo em janeiro de 2021. Galego de Nanai também diz que vai aprovar a criação do Fundo de Apoio ao Estudante Universitário. É esperar para ver.

Metade com mulheres > Em Petrolândia, o prefeito eleito, Fabiano Marques (PTB), anunciou o novo secretariado que tomará posse no dia 1º de janeiro de 2021. Do total de 12 secretários que irão compor o novo governo, 50% dos cargos serão ocupados por mulheres. 

Disputa > A disputa pela presidência da Câmara de Vereadores de Tuparetama continua a todo vapor. Dois vereadores eleitos do grupo do Prefeito Sávio Torres (PTB), Arlã Markson e Tanta Sales disputam a liderança da chapa governista. Com o clima de acirramento cada vez mais latente, o Prefeito já declarou que não vai se envolver no processo, mas acredita no entendimento dos seus aliados.

Oposição unida > O prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), já vai contar com uma bancada esmagadora na Câmara de Vereadores para a próxima legislatura. São nada menos que 19 integrantes na base. Para Miguel, existe a possibilidade de ampliar esse número para 22 aliados. A oposição, no entanto, já andou declarando que não é bem assim.

Veja também

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas-TO
Tragédia

Acidente aéreo mata piloto, presidente e quatro jogadores do Palmas-TO

Mandatos coletivos avançam, mas ainda sofrem resistência
Política

Mandatos coletivos avançam, mas ainda sofrem resistência