Tácio joga a toalha e apoia Nininho em Parnamirim

O prefeito de Parnamirim, Tácio Pontes (PSB), entrou para o time dos pré-candidatos a reeleição no sertão do Estado que já abandonaram a disputa deste ano. Na decisão publicada na internet, Tácio deixa claro sua retirada do pleito e anuncia para quem vai seu apoio. “Com essa decisão, e certo da força política do nosso palanque, declaro oficialmente meu apoio a pré-candidatura de Nininho e Dr. Rennê para prefeito e vice-prefeito de Parnamirim”, escreveu Tácio.

A decisão não surpreendeu tanto assim, já que a cidade comentava essa possibilidade. O Nininho, que é tio de Tácio, já anunciava sua disposição em voltar a prefeitura. No entanto, a família Carvalho vai tentar continuar na liderança da cidade buscando eleger o ex-prefeito Nininho Carvalho ao lado do advogado Rennê Alencar do PT. 

Até o momento, a disputa parece que vai acontecer com os mesmos nomes de sempre da política de Parnamirim, Nininho, que foi vice-prefeito de 2005 a 2008 e prefeito de 2009 a 2016 vai disputar novamente a prefeitura com Múcio Angelim, que já foi inclusive seu vice de 2009 a 2012. Múcio, que tem o respaldo do grupo político do senador Fernando Bezerra Coelho, ganhou a indicação e confirmou a chapa ao lado do atual vice-prefeito de Parnamirim, o professor Nivaldo Mendes, como vice. 

Nivaldo, que já foi vereador duas vezes e também presidente da Câmara, iria encabeçar uma chapa oposta, mas aceitou unir a oposição da cidade para impedir a reeleição de Tácio, que entregou os pontos e já está fora da disputa.   

Em Cabrobó > O Partido Verde municipal anunciou apoio à pré-candidatura a prefeito do Dr. Auricélio Torres (PSB). Ele vai disputar a prefeitura contra o vereador presidente da Câmara de Vereadores Dim Saraiva (MDB), que tem o apoio de integrantes do PT municipal e do grupo político do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). O prefeito Marcílio Cavalcanti já declarou que não vai disputar e ninguém sabe ainda quem deve apoiar.

De volta ao jogo > O ex-prefeito de Lagoa Grande, Robson Amorim (DEM), anunciou que está de volta na disputa eleitoral. Desta vez, o ex-prefeito vai concorrer a uma vaga na Casa Zefferino Nunes Gomes, mirando a presidência do Legislativo. Robson retirou seu nome da disputa pela prefeitura para dar lugar a chapa formada pelo jovem economista Henrique Diniz na majoritária e a vereadora Iara Evangelista na vice. 

Subprefeitura > Em Granito, o povoado de Rancharia recebeu uma extensão da prefeitura com uma sede instalada na comunidade. De acordo com a prefeitura, o espaço foi preparado especialmente para agilizar os serviços burocráticos da prefeitura e evitar que os moradores da comunidade e dos sítios circunvizinhos precisem ir constantemente até a cidade.

Sessões presenciais na pauta > Em Petrolina alguns vereadores já defendem o fim das reuniões online e pedem o retorno das sessões presenciais na Casa Plínio Amorim. Alguns sugerem o retorno sem público e seguindo as medidas de segurança e outros defendem que os que se enquadram no grupo de risco, não compareçam.