Uma guerra de família e a paz que se quer

A guerra das famílias sempre foi motivo de terror e medo nas cidades sertanejas. Em Floresta, Sertão de Pernambuco, os conflitos já renderam mortes sangrentas e dores fortíssimas. Não há na cidade quem não tenha uma história triste para contar ou uma passagem de algum acontecimento dessa natureza.

Outras cidades experimentaram contendas assim, mas certamente, o povo florestano sentiu mais dores. Nem os vários casamentos entre integrantes das famílias Novaes e Ferraz foram capazes de promover a paz nos anos mais duros.

Na reunião da Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) dessa terça-feira 15, o deputado estadual Fabrizio Ferraz (PP) propôs a consolidação da paz entre as famílias Ferraz e Novaes e entre os Marques e os Souza.

O deputado solicitou o intermédio do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, do comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, Vanildo Maranhão, e do chefe da Polícia Civil, Nehemías Falcão, para a confirmação de um acordo de paz entre as famílias, já que um acordo firmado anos atrás não surtiu efeito. 

“Estamos falando de uma disputa que perdura há décadas e que prejudicou a todos por muitos anos. É um assunto que requer cuidado”, disse. Segundo o parlamentar, apesar da diminuição da violência na cidade, a rivalidade política pode se agravar principalmente devido ao período eleitoral vigente.

Zé Negão no páreo > O Podemos em Afogados da Ingazeira nomeou o vereador José Edson Ferreira, mais conhecido como Zé Negão, para ser o candidato do partido na disputa pela prefeitura nas eleições deste ano. De acordo com o deputado federal, Ricardo Teobaldo, líder da legenda no Estado, “a pré-candidatura de Zé Negão é fundamental para o Podemos”, e disse considerar importante candidaturas próprias na maioria das cidades pernambucanas.

Sucessão em Baixa Verde > O Cabo da Polícia Militar de Pernambuco, Filipe Tavares, lotado em Serra Talhada, é o novo cotado para assumir a pré-candidatura rumo à sucessão do prefeito de Santa Cruz da Baixa Verde, Tássio Bezerra (PTB). Se houver a confirmação, Filipe poderá ser o segundo militar a gerir o município, uma vez que o ex-prefeito Armando Nunes (1993-1996) também era Policial Militar. 

Cadê as mulheres? > O Ministério Público de Pernambuco recomendou que os dirigentes partidários municipais e os pré-candidatos às eleições de 2020 em Amaraji, Chã Grande e Primavera respeitem o número mínimo de candidatas mulheres em cada legenda (de 30% a 70%). Alertando que o repasse dos recursos do Fundo Eleitoral e a distribuição do tempo de propaganda irão ocorrer na mesma proporção.

Mudou de palanque > O vereador de Santa Maria da Boa Vista, Izinho Moura (PT), rompeu com a base governista do prefeito Humberto Mendes (PTB) e passou a apoiar a pré-candidatura de Cidinho Andrade para prefeito e Jefferson Freire para vereador. De acordo com ele, os motivos para deixar a base do governo foram: “a falta de compromisso do prefeito com as comunidades dos assentamentos” e por nunca ter atendido suas solicitações.