Câmara banca imóvel até para quem não é deputado; confira a coluna desta quarta (6)

“Esse é o desgoverno Lula, especialista em torrar dinheiro público”
Deputado federal Bibo Nunes (PL-RS) sobre o Brasil ter a maior delegação da COP-28

Câmara banca imóvel até para quem não é deputado
Os disputados apartamentos funcionais da Câmara dos Deputados têm 17 inquilinos que não são “da Casa”: seis ministros e 11 senadores que têm guarida garantida em um dos 432 apartamentos divididos em quatro superquadras de Brasília. Deputados alçados ao posto de ministro não abrem mão dos espaçosos imóveis; é o caso de André Fufuca (Esporte), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Celso Sabino (Turismo), Paulo Teixeira (Des. Agrário) e Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos).

Vai ficando
Atuais senadores, Wellington Fagundes (PL-MT), Efraim Filho (UB-PB), Davi Alcolumbre (UB-AP) e Romário (PL-RJ) desde 2015 lotam os apês.

Sem aperto
Quem não tem um funcional para chamar de seu ganha R$ 4,2 mil de auxílio-moradia e pode complementar com mais R$ 4,1 mil do cotão.

Boquinha
Dos 513 deputados federais, só 35 renunciaram aos imóveis funcionais e ao auxílio-moradia. Todos os oito parlamentares do DF estão na lista.

Por nossa conta
Desde o início da Legislatura, em fevereiro, o auxílio-moradia das excelências já custou R$ 5,1 milhões ao pagador de impostos brasileiro.

Ao contrário de Lula, Tarcísio prioriza indicar mulheres
O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Rep), nomeou mais uma mulher como desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado. A advogada Ana Paula Patiño é a segunda indicada pelo governador paulista que, em maio, nomeou Marina Monassi para outra vaga no TJ-SP. No governo federal, o petista Lula não indicou mulheres ao Supremo Tribunal Federal (STF) e entre as três vagas abertas no Superior Tribunal de Justiça (STJ), apenas uma foi para uma mulher: Daniela Teixeira.

Opção
A Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo também é ocupada por uma mulher (negra): Inês Coimbra, nomeada por Tarcísio de Freitas.

Contramão
Entre ministros, Lula demitiu primeiro duas mulheres: Daniela Carneiro, ex-Turismo, e Ana Moser, ex-Esporte; ambas substituídas por homens.

Proporções
Dos 25 secretários do governo de São Paulo, cinco são mulheres. Na Esplanada de Lula, entre os 38 ministros, seis são mulheres.

Ranking triste
A colossal comitiva de Lula na COP-28 liderou o ranking das delegações: 1.337 fanfarrões do governo e 1.744 convidados de ONGs etc. A comitiva dos EUA, por exemplo, teve 159 pessoas do governo e 611 de fora.

Não ressonou
Deltan Dallagnol está em campanha para que o Senado rejeite o nome de Flávio Dino para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal. Fez até vídeo listando 10 motivos. O primeiro: “é comunista”.

Taxas e cortes
Flávio Bolsonaro (PL-RJ) criticou a gastança de Lula e a condução da economia do País, “o petista tá taxando ricos e pobres, sem contar que não termos o 13º do Bolsa Família!”, alertou o senador.

Percalços 
A tentativa de Flávio Dino de garantir a cadeira no STF pode não ser um passeio, como é de hábito no Senado. No PL, de oposição, a conta estima que faltam apenas nove votos para que a indicação seja barrada.

É problema?
Jair Bolsonaro criticou sua inelegibilidade por reunião com embaixadores estrangeiros, e deu uma indireta para Flávio Dino: “Se reunir com traficante pode. Faz lá no Rio de Janeiro, não tem problema nenhum”.

Pedra cantada
Será lido nesta quarta-feira (6), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, o relatório sobre a indicação de Flávio Dino ao STF. O relator é Weverton (PDT-MA), aliado de primeira hora e conterrâneo de Dino.

Ladeira abaixo
O Brasil vai de mal a pior em ranking internacional de alunos divulgado pela OCDE. A avaliação do rendimento em matemática colocou o Brasil na 64ª posição, entre os 81 países analisados.

Agenda
A Câmara instala hoje (6) à tarde a Frente Parlamentar em Defesa das Escolas Cívico-Militares. O evento deve contar com a presença de Jair Bolsonaro e do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

Pergunta em Dubai
Precisa de 1.400 funcionários públicos para “conferir o clima”?

PODER SEM PUDOR
Reserva capilar

Ministro no primeiro governo Lula, Luiz Furlan (Desenvolvimento) apareceu na antessala do presidente, certa vez, e encontrou o então presidente da Infraero, José Carlos Pereira, coçando a calva avançada. E foi logo pilheriando: “E aí, perdendo os últimos fios de cabelo com a crise nos aeroportos?”. O brigadeiro parece não ter apreciado a piada: “Na verdade, ministro, eu estou perdendo só os penúltimos...”


___
Com Rodrigo Vilela e Tiago Vasconcelos
www.diariodopoder.com.br


As informações contidas neste artigo não refletem a opinião do Jornal Folha de Pernambuco e são de inteira responsabilidade de seus criadores.

Veja também

EDITAIS E BALANÇOS

EDITAIS E BALANÇOS

Entenda como será a dinâmica desta semana no "BBB 24"
BBB 24

Entenda como será a dinâmica desta semana no "BBB 24"