Gilberto Azevedo Lima é empossado na presidência em comissão da OAB/PE

O advogado é especialista em Direito Aduaneiro, Tributário e Comércio Exterior há 40 anos

Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco | Cortesia

A Coluna Diplomacia Econômica vem parabenizar o advogado Gilberto Azevedo Lima, especialista em Direito Aduaneiro, Tributário e Comércio Exterior há 40 anos, foi empossado na presidência da Comissão de Direito Aduaneiro e Comércio Exterior da OAB/PE, no último dia 09/05, pelo presidente estadual da OAB/PE, o advogado Fernando Ribeiro Lins, em cumprimento de decisão unânime do Conselho Pleno da Ordem. Discreto, este fato somente veio a público agora. 

A Constituição da República do Brasil de 1988, no seu Art. 133 estabelece que “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei”. A advocacia é a única profissão expressa no texto constitucional, pois é um dos primeiros fronts para defesa do Estado Democrático de Direito. 

Em seu discurso de posse, Gilberto Azevedo Lima asseverou: “O nosso objetivo é inserir a Ordem na interlocução jurídica do Comércio Internacional, fornecendo e propondo soluções de aprimoramento do Sistema, mediante o uso das ferramentas do Direito Aduaneiro e Tributário no contexto geopolítico econômico, principalmente o atual em que o mundo enfrenta, buscando estreitar o entendimento com as autoridades públicas do setor, os players do comércio exterior e a academia. Promover a difusão deste campo do Direito nas Universidades, realizar simpósios e seminários objetivando construir inovações e ouvir, em audiências públicas, os conflitos de visão e interesses dos que atuam no ramo”. 

A Comissão é dirigida com o auxílio do vice-presidente, o advogado Vinicius Caldas e da secretária a advogada Heliópolis Godoy, com a participação de outros 23 brilhantes advogados envolvidos de alguma forma com o Direito Aduaneiro e Comércio Exterior.

Veja também

Publicidade Legal - 01 de Julho de 2022 - Editais e balanços

Publicidade Legal - 01 de Julho de 2022 - Editais e balanços

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões
Loteria

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 43 milhões