BYD no Brasil: Veja os planos da gigante chinesa para o mercado nacional

Modelo elétrico Tan EV tem o primeiro lote com chegada prevista ao Brasil no primeiro semestre

Modelo da BYD - Divulgação/BYD

Dias após mostrar o pré-lançamento do Tan EV, primeiro SUV elétrico de 7 lugares do mercado brasileiro, a BYD divulgou seus planos para o mercado nacional. De acordo com a empresa, a intenção é ter uma rede com 35 concessionárias nas 35 maiores cidades do país até o final de 2022. Com esses representantes o cliente poderá adquirir os modelos e também o abastecimento com energia solar fotovoltaica. 

Esse primeiro passo para o projeto arrojado da marca foi dado com a unidade em São Paulo, sendo divulgada no último dia 29. No meio da Avenida Europa, a marca planeja iniciar os dados no Brasil, seguindo posteriormente para Ribeirão Preto e Brasília.


“Mais de 20 dos maiores grupos nacionais de concessionárias mostraram grande interesse em representar a marca”, destaca Henrique Antunes, diretor comercial da BYD Brasil.

Sobre o modelo elétrico Tan EV, que tem o primeiro lote com chegada ao Brasil no primeiro semestre, e comercialização prevista para iniciar ainda em janeiro, a marca apostou em dois motores elétricos, um em cada eixo (245 cv motor frontal e 272 cv motor traseiro), proporcionando potência combinada de 517 CV e torque máximo conjunto de 680 N.m. Desta forma, o Tan EV pode acelerar de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos.

 

 

Veja também

Nove comunidades do Recife recebem vacinação contra Covid-19 e gripe a partir desta terça (18)RECIFE

Nove comunidades recebem vacinação contra Covid-19 e gripe a partir desta terça (18); veja calendário

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022Economia

Estudo da OIT aponta recuperação lenta do mercado de trabalho em 2022