Entregas de veículos elétricos Tesla caem no primeiro trimestre de 2024

Foram entregues 386.810 veículos, quantidade abaixo dos 457 mil esperados pelos analistas

Veículos elétricos da Tesla - William West / AFP

A fabricante de carros elétricos Tesla entregou menos unidades de seus automóveis no primeiro trimestre de 2024 do que no mesmo período do ano anterior, um volume que ficou abaixo do esperado pelo mercado.

Ao todo, foram entregues 386.810 veículos, quantidade abaixo dos 457 mil esperados pelos analistas. Sua produção também caiu, para 433.371 (-8,5%).

"A queda nos volumes se deve em parte às fases iniciais de produção da nova versão do Modelo 3 em nossa fábrica de Femont", na Califórnia, explicou a empresa em comunicado.

A situação também se explica pelos problemas de entrega ligados ao conflito no Mar Vermelho, com mísseis disparados pelos rebeldes huthis do Iêmen contra navios que utilizam aquela rota.

Além disso, soma-se a sabotagem a uma fábrica da Tesla na Alemanha, onde um pequeno grupo de extrema esquerda assumiu a responsabilidade pelo incêndio que interrompeu a produção por vários dias.

A fábrica localizada perto de Berlim é a única do grupo na Europa.

Na tarde desta terça-feira, as ações da Tesla caíram 4,85% na Bolsa de Valores de Nova York.

O grupo não menciona a China, onde enfrenta forte concorrência de fabricantes locais, especialmente da BYD, que deteve o título de maior vendedor mundial de carros elétricos no quarto trimestre do ano passado.

Segundo analistas da empresa de investimentos Wedbush, o "primeiro trimestre desastroso" da Tesla "impactou negativamente" o mercado.

Veja também

"Vamos bater o prego e virar a ponta", afirma o ministro da Defesa sobre Escola de Sargentos
Folha Política

"Vamos bater o prego e virar a ponta", afirma o ministro da Defesa sobre Escola de Sargentos

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

SELF IT ACADEMIAS HOLDING S.A. - EDITAL

Newsletter