A-A+

Fiat emplaca as três primeiras colocações de carros mais vendidos em julho; confira a lista completa

Fiat Argo 2021 - Divulgação/FIAT
O primeiro mês do segundo semestre começou de forma positiva para a Fiat. A montadora emplacou três carros no pódio de mais vendidos em julho. Em seu maior destaque aparece o Fiat Argo, que comercializou 10.873 unidades, seguido pelo Mobi, também da Fiat, e atingiu 8.059 modelos. 
 
Nos comerciais leves, mais uma “dobradinha” da marca, a Fiat Strada teve 9.439 unidades vendidas. Logo atrás, a Fiat Toro aparece com 7.030 e conclui o domínio mensal da empresa.
 
Na lista ainda pode ser observado outras evoluções em relação ao balanço do primeiro semestre. No caso da Jeep, a marca conseguiu manter o Renegade na quarta colocação e viu o Jeep Compass pular da oitava para o quinto lugar. Entre eles e o topo, o Hyundai HB20 que liderou a primeira metade do ano e agora ocupa a terceira posição. 
 
Em comerciais leves o ranking só apresentou uma mudança. A Saveiro (1.409), da Volkswagen, teve uma queda para oitava posição, enquanto os demais modelos permaneceram dentro de suas posições. 
 

Veja ranking dos automóveis mais vendidos em julho de 2021:

1º Fiat Argo - 10.873

2º Fiat Mobi - 8.059

3º Hyundai HB20 - 7.799

4º Jeep Renegade - 6.855

5º Jeeo Compass - 6.670

6º Toyota Corolla Cross - 5.068

7º Renault Kwid - 4.865

8º Hyundai Creta - 4.268

9º Toyota Corolla - 3.925

10º Vw Nivus - 3.505 

Veja ranking dos comerciais leves mais vendidos em julho de 2021:

1º Fiat Strada - 9.439

2º Fiat Toro - 7.030

3º Toyota Hilux - 4.576

4º Gm S10 - 4.142

5º Renault Toroch - 1.872

 6º Ford Ranger- 1.827

7º Fiat Fiorino - 1.609

8º Vw Saveiro - 1.409

9º Mitsubishi L200 - 1.077

10º Nissan Frontier - 922 

Veja também

Ministros do STF reclamam de campanha de Fux por Mendonça e temem volta do lavajatismo
STF

Ministros do STF reclamam de campanha de Fux por Mendonça e temem volta do lavajatismo

Pix: bancos poderão bloquear recursos de usuários por 72h em caso de suspeita de fraude
Conta

Pix: bancos poderão bloquear recursos de usuários por 72h em caso de suspeita de fraude