GM deve reduzir em 43% a emissão de seus modelos no Brasil

Para o Brasil em 2022, entrará em vigor o Proconve que tem intenção de reduzir a poluição do ar

GM - Divulgação/General Motors

Para o Brasil em 2022, entrará em vigor a fase seguinte do Proconve, que é o Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos, com a intenção de reduzir a poluição do ar e economia de combustível. 

De acordo com a GM os carros da Chevrolet foram os que mais avançaram em eficiência energética durante o programa Inovar-Auto (22%). Agora, para o L7, a marca chega aos 43% de redução média dos gases por modelo.

“A GM anunciou seu compromisso de se tornar uma empresa neutra em carbono até 2040 e estamos avançando globalmente neste sentido. Parte importante deste processo é tornar cada vez mais sustentáveis nossos veículos a combustão até a migração do mercado para os carros 100% elétricos, os únicos zero emissão”, diz Santiago Chamorro, presidente da GM América do Sul.

A GM conta com o Centro Tecnológico em São Caetano do Sul (SP) e o Campo de Provas da Cruz Alta em Indaiatuba (SP) para pôr em prática as ideias do papel; Lá estão concentrados sete laboratórios e 17 pistas particulares da empresa, além de um time de cientistas, engenheiros e pilotos de teste locais.

“Além de aplicarmos todo conhecimento e recursos disponíveis para reduzir drasticamente as emissões, aproveitamos o L7 para refinar a qualidade de dirigibilidade dos veículos Chevrolet ofertados no mercado brasileiro. É um ganho duplo para o cliente”, explica Chamorro.
 

Veja também

Nome do Robinho sai no BID, mas Timbu segue sem quarteto regularizadoFutebol

Nome do Robinho sai no BID, mas Timbu segue sem quarteto regularizado

Bolsonaro cancela compromissos e viagem, mas Presidência não informa motivoPolítica

Bolsonaro cancela compromissos e viagem, mas Presidência não informa motivo