Mais de 28 mil vítimas de trânsito ano passado em Pernambuco foram de acidentes com moto

Mais de 8.352 vítimas - 32,4% - não usavam capacete

Acidente de moto - Pixabay

Mais de 73% dos acidentes de trânsito ocorridos ano passado em Pernambuco envolveram motociclistas. Os dados são do levantamento da Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde e Atenção Primária.

Dos 38.311 registros de vítimas de acidentes de transporte terrestre (ATT) nas 17 Unidades Sentinela de Informação presentes em diversas regiões do Estado, 28.257 casos (73,8%) correspondem a acidentes envolvendo moto.

Este ano, entre janeiro e fevereiro, já foram registradas 6.356 notificações de vítimas de acidentes de transporte terrestre, sendo 4.861 (76,5%) relacionados às motos, com aumento do percentual em relação a 2022.

Os números de acidentes, que são alarmantes no Brasil e em Pernambuco, impactam na sobrecarrega das grandes emergências dos hospitais, aumentando as despesas da saúde pública, e causando mortes evitáveis ou sequelas irreversíveis. 

Confira mais dados sobre os acidentes envolvendo motocicletas ocorridos em Pernambuco em 2022:

Perfil pessoal:
Homens (77,4%), na faixa etária entre 10 a 39 anos (65,2%).

Fatores:
5.206 (20,6%) ingeriram bebida alcoólica
5.735 (22,1%) tinham excesso de velocidade
8.352 (32,4%) não usavam capacete.

Gravidade dos acidentes:
117 casos resultaram em óbito
1.695 tiveram traumatismo cranioencefálico
6 amputaram membros.

 

Veja também

Pentecostes da Paz celebra a união e a renovação em evento carismático da Obra de Maria, na Itália
ITÁLIA

Pentecostes da Paz celebra a união e a renovação em evento carismático da Obra de Maria, na Itália

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou
Homenagem

Vettel faz tributo a Ayrton Senna no GP da Itália; o alemão dirigiu o último carro que Senna usou

Newsletter