Novo Citroën C3 começa a ser fabricado no Brasil

A fábrica recebeu um investimento de R$ 220 milhões para receber a nova plataforma do Citroën C3

Cintroën C3 - Divulgação/Stellantis

A Citroën deu início, nessa quinta-feira (17), à fabricação do novo C3, que será o primeiro de uma família de três veículos projetada para os consumidores brasileiros. O hatch será produzido na linha de montagem da Stellantis em Porto Real, no Rio de Janeiro. 

A fábrica recebeu um investimento de R$ 220 milhões para receber a nova plataforma do Citroën C3. Segundo a Stellantis, o novo Citroën C3 inaugura, em Porto Real, a plataforma CMP (Common Modular Platform) e será o primeiro veículo da Stellantis produzido no Brasil a utilizá-la.

A plataforma CMP será a base do projeto C-Cubed, um conjunto de três novos veículos que começa a chegar ao mercado com o novo C3.

A Citroën, no entanto, ainda não deu detalhes sobre a motorização do hatch, mas no site da fabricante francesa diz: "Pode apostar que o novo C3 virá com motores de alta tecnologia para oferecer agilidade, economia e conforto". Por "motores", entende-se mais de uma opção. 

“Ele é um dos mais importantes lançamentos dentro da nossa estratégia na região e já contou com o suporte decorrente das sinergias promovidas pela Stellantis, como nossos laboratórios e campos de provas. Tenho certeza de que o Novo C3 vai acelerar o crescimento da Citroën na América do Sul”, disse o presidente da Stellantis na América do Sul, Antonio Filosa. 

Veja também

INFAN INDÚSTRIA QUÍMICA FARMACÊUTICA S.A - EDITAL

INFAN INDÚSTRIA QUÍMICA FARMACÊUTICA S.A - EDITAL

CENTRAL DE PUBLICAÇÕES LTDA - EDITAL DE CITAÇÃO

CENTRAL DE PUBLICAÇÕES LTDA - EDITAL DE CITAÇÃO