Plantadeiras de milho: entenda as diferenças entre os modelos e veja as funções de cada uma

Plantadeira Stara - stara.com.br

No campo existem diferentes tipos de máquinas, que desempenham diferentes tipos de atividades e dentro dessa grande variedade está a plantadeira de milho. Entretanto, dentro dessa categoria, ela ainda pode ser subdividida em diversas outras, de acordo com as características, tarefas desempenhadas e ainda potência para o tanto de horas trabalhadas. 

O plantio do milho de forma mecanizada exige bastante atenção do produtor rural, isso porque se executado de maneira incorreta, pode ocorrer interferência tanto na produtividade quanto nos lucros daquela colheita. Por isso, o uso da plantadeira é tão importante, já estão disponíveis nesse mercado, modelos com diferentes sistemas de distribuição de sementes, marcas e categorias também. Veja a seguir um pouco mais sobre esse assunto.
 

Qual o termo correto?
Até pouco tempo atrás, não existia um conceito mais adequado entre os termos semeadora, semeadeira e plantadeira. Entretanto, desde sempre as palavras semeadeira e plantadeira sempre foram usadas para diferenciar dois tipos diferentes de maquinários, ambos para semeadura. É importante entender as diferenças, pois elas podem interferir no momento de comprar os melhores modelos de plantadeiras Stara

No ano de 2011, o setor viu a necessidade de padronização dos termos e, por isso, um fórum de discussão da área de Máquinas e Mecanização Agrícola foi organizado com o seguinte tema: Terminologia de Máquinas Agrícolas. Ele foi inserido na programação do CONBEA (Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola), o resultado se deu a partir de um documento oficial que designou os termos corretos para serem usados nesse setor, em especial para publicações técnico-científicas. 

Tipos de plantadeira 

Veja a seguir as diferenças entre os tipos de plantadeiras disponíveis no mercado. 

Semeadora ou Plantadora
É a responsável por inserir no solo as sementes menores, sua principal função é realizar a distribuição das sementes. É de extrema importância mencionar que ‘semeadeira’ e ‘plantadeira’ fazem referência ao mesmo tipo de máquina agrícola. A principal diferença da semeadora para a plantadora, é que a segunda realiza o plantio de sementes mais graúdas, ou seja, elas possuem a mesma função, a única coisa que altera é o tamanho das sementes. 

Elas também podem ser divididas de acordo com a forma que elas realizam a distribuição, existem basicamente, dois tipos: O primeiro é o de fluxo contínuo, ele dosa as sementes miúdas de maneira contínua em seus sulcos. Já o segundo é o de precisão, neste caso, elas são dosadas uma por uma em seus espaços regulares, esse formato é mais conhecido por ser utilizado no plantio de milho.  

Assim, pode-se dizer que ao associar o nome técnico com o popular, as semeadeiras são as de fluxo contínuo e as plantadeiras são as de precisão. 

Transplantadora 

Ao contrário das máquinas citadas anteriormente, a transplantadora é a responsável pelo processo de transplantio, ou seja, pela inserção no solo de mudas (plantas no estágio inicial de vida). Ela é mais usada em plantios específicos e não é tão conhecida quanto as demais.

Veja também

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio
Cuba

Cuba segue combatendo um gigantesco incêndio

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada
Náutico

Por falta de quórum, assembleia para mudança de estatuto do Náutico é adiada