A-A+

Saiba quais os SUVs para PcD que ficam mais baratos com o novo teto do IPI

Jeep Renegade - Divulgação/Stellantis

A aquisição de um carro é uma das maiores conquistas do brasileiro. No entanto, diante dos impostos que incidem sobre o valor do automóvel, o preço fica ainda mais salgado e dificulta a compra do bem. Para beneficiar as Pessoas com Deficiência (PcD), recentemente, o Congresso Nacional aprovou e o presidente da República sancionou um novo teto para compra de veículos sem incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Agora, o chamado público PcD poderá adquirir um automóvel até R$ 140 mil, e não mais R$ 70 mil, sem a tributação do IPI. Com o desconto, uma nova gama de carros está disponível para compra – e os mais desejados são os SUVs. Como eles ficaram com preços acima de R$ 70 mil, acabaram se tornando inacessíveis às pessoas com deficiência. Vale lembrar que o teto para isenção do ICMS para PcD segue no valor antigo, portanto, o desconto acima de R$ 70 mil se refere apenas a retirada do IPI.

Com esse teto mais alto, carros de proposta premium estão mais acessíveis. A grande maioria dos SUVs compactos do mercado nacional se enquadram no novo teto, com um desconto que pode chegar até a 25% com a isenção do IPI. Podemos incluir nessa lista até, por exemplo, o novo Renault Captur Iconic com motor turbo que custa R$ 138.490, ou o Tracker Premier com motor 1.2 turbo que pede R$ 134.150 no preço de tabela.

E algumas montadoras, como Jeep e Citroën já correram para lançar versões exclusivas para PcD com um desconto de fábrica, tornando ainda mais atraente a comprar. A Jeep rapidamente liberou a oferta do Renegade (que está dentro da nova faixa de preços) seguindo a nova regra e, além disso, ainda oferece um desconto adicional de até 12% sobre o preço com os incentivos. Dessa forma, um Renegade pode ficar até R$ 25 mil mais barato em relação ao preço público.

Assim, quem se encaixa nos critérios da lei, pode adquirir um Jeep Renegade Sport AT Flex, por R$ 84.235, ou seja, 19% abaixo do preço público considerando a isenção e os descontos que a marca oferece. Com a isenção do IPI e o desconto oferecido pela Jeep, o Renegade Longitude AT Flex sai por R$ 25 mil a menos, com o valor final de R$ 97.981. Já o Renegade Limited AT Flex de R$129.490 fica por R$ 104.992. A oferta é válida até 4 de agosto ou até quando durarem os estoques.

No caso da Citroën, os clientes que se encaixam nos critérios da lei poderão aproveitar a versão Live a partir de R$ 85.858, com o desconto do IPI e o bônus da marca. Já a versão Feel, além do desconto do IPI aos clientes PcD, será comercializada com bônus de R$13 mil, e está disponível a partir de R$ 88.468. Essas condições especiais aos clientes PcD também estão disponíveis para as versões Feel Pack e Shine em toda a rede Citroën.

Quem tem direito Segundo o advogado tributarista João Otávio Pimentel, o benefício é exclusivo para a pessoa com deficiência, mas que pode ser representado por seu curador para adquirir o veículo. “Não se deve, porém, utilizar a condição de PcD para comprar veículos para terceiros”, ressalta.

Ainda de acordo com o jurista, a isenção se aplica apenas aos veículos novos. “É possível pleiteá-la a cada três anos, mediante habilitação prévia perante a Receita Federal. Caso resolva vender ou transferir o veículo antes de tal prazo, haverá a cobrança do IPI”, acrescenta Pimentel. No site da Receita Federal é possível conferir a lista de doenças ou deficiências que se enquadram na isenção de impostos, como também a documentação necessária para adquirir o veículo.   

Um ponto importante a destacar é que o valor do IPI varia conforme a motorização do automóvel. É preciso consultar uma tabela da Receita Federal para checar o desconto exato. Os valores variam de 7% a 25% nos carros flex.

Vale lembrar ainda que a lei não altera o teto para a isenção dos seguintes tributos: Imposto sobre  operações financeiras (IOF), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Sendo os dois últimos impostos tributados pelos Estados.

Com isso, o caderno FMotors preparou uma lista para quem deseja e pode adquirir um SUV com o desconto do IPI. Os valores abaixo foram calculados com base no valor de cada veículo e descontando apenas a alíquota que incide sobre o IPI dos automóveis, que varia conforme motorização. 

Confira abaixo os SUVs mais baratos do mercado (por marca) e quanto ficam com a isenção do IPI:

Jeep Renegade Sport AT Flex R$ 97.890
Tem valor de R$ 84.235 considerando redução de IPI e desconto de fábrica. Possui motor 1.8 flex de
139 cv com torque de 19,3 kgfm e câmbio automático de seis marchas.

Cintroën C4 Cactus R$ 99.990
Live: Tem preço de 85.858,00 já com redução de IPI e bônus de fábrica. Possui motor 1.6 de 118 cv,
com torque de 16,1 kgfm

Nissan Kicks Active R$ 92.990
Tem preço de R$ 86.490 já considerando a isenção do IPI. A montadora oferece mais 7% de desconto
neste mês de julho. Possui motor 1.6 de 114 cv com torque de 15,5 kgfm
 

Hyundai Creta 1.6 Action R$ 96.990
O preço do SUV parte de R$ 84.381, com desconto de 13% do IPI. Possui motor 1.6 de 130 cv com
torque de 16,5 kgfm
 

Peugeot 2008 Allure Pack R$ 105.990
Fica por R$ 92.211 com isenção de 13% do IPI. Possui motor 1.6 de 118 cv com torque de 16,1 kgfm
 

Volkswagen T-Cross Sense R$ 92.990
Cai para R$ 86.480 com os 7% de isenção do IPI. Possui motor 1.0 turbo de 128 cv com torque de 20,4
kgfm
 

Mitsubishi ASX GLS R$ 132.990
Com 25% de redução no valor, pela isenção de IPI, a ASX fica R$ 99.742. Possui motor 2.0 de 170 cv
com torque de 23 kgfm
 

Honda WR-V LX R$ 90.900
Já considerando o desconto de 13% do IPI, o SUV parte de R$ 79.083. Possui motor 1.5 de 116 cv com
torque de 15,3 kgfm
 

Caoa Chery Tiggo 2 Look R$ 79.590
O SUV de entrada fica por R$ 69.243 com a redução de 13% do IPI. Possui motor 1.5 de 115 cv com
torque de 14,9 kgfm
 

Renault Duster Zen R$ 90.490
R$ 78.726 é o preço do SUV com o desconto de 13% do IPI. Possui motor 1.6 de 120 cv e 16,2 kgfm
 




























 

Veja também

Brasil: 56,4% das dívidas dos inadimplentes são pagas em até 60 dias
Contas

Brasil: 56,4% das dívidas dos inadimplentes são pagas em até 60 dias

Bolsonaro vira 'criminoso climático' em ação nas ruas de NY antes de Assembleia da ONU
ONU

Bolsonaro vira 'criminoso climático' em ação nas ruas de NY antes de Assembleia da ONU